Mesmo sem meta fiscal, Dilma anuncia equipe econômica nesta quinta-feira

Por Luciana Lima - iG Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

Indicados, no entanto, só tomarão posse no dia 1º de janeiro, quando presidente dará posse aos outros ministros

A presidente Dilma Rousseff oficializará nesta quinta-feira (27) as indicações dos nomes de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda e de Nelson Barbosa para a pasta do Planejamento. Mesmo com o adiamento por parte do Congresso da votação das metas fiscais para 2015, o governo manteve o anúncio e coletiva com os dois indicados para a condução da economia no segundo mandato de Dilma.

Mais: Dilma busca postos estratégicos para coringas no novo governo

Apesar de anunciados, os dois ministros não tomarão posse imediatamente. Eles só serão oficializados no cargo no dia 1º de janeiro, quando Dilma dará posse a todos os outros ministros. Até lá, os dois indicados trabalharão no Palácio do Planalto, em um chamado “gabinete de transição”.

Até o final do ano, Guido Mantega continuará respondendo pela Fazenda e economia e Miriam Belchior, cotada para assumir o Ministério de Minas e Energia, responde pela área do Planejamento.

A intenção de Dilma, de acordo com interlocutores, é também manter no cargo o presidente de Banco Central, Alexandre Tombini. Há a expectativa também de que na próxima semana ela já anuncie os nomes da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) para a Agricultura e a transferência do atual ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, para a Secretaria-Geral da Presidência da República.

Leia tudo sobre: dilmaequipe econômicameta fiscal

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas