Em nota, Dilma lembra apoio de Jatene à CPMF

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Presidente participa de cúpula do G20 na Austrália e lamentou morte do ex-ministro da Saúde de Fernando Collor e FHC

Em nota oficial, a presidente Dilma Rousseff destacou a luta do cardiologista e ex-ministro da Saúde Adib Jatene, falecido nesta sexta-feira (14), para aprovar a CPMF, imposto sobre o cheque que garantiu recursos para o setor.

Valter Campanato/Agência Brasil
O médico de 85 anos durante evento realizado em 2010

"O Brasil perdeu nesta sexta-feira um dos seus filhos queridos. A morte do médico Adib Jatene deixa nossa Nação triste. Ele foi um dos mais importantes cardiologistas do Brasil e um dos artífices da criação da CPMF, que permitiu destinar mais recursos para a saúde pública. Expresso meus sentimentos à viúva, dona Aurice, e aos filhos do casal: Ieda, Marcelo, Fábio e Iara".


Leia mais: Morre ex-ministro da Saúde Adib Jatene

Jatene foi secretário estadual de Saúde entre 1979 e 1982, no governo Paulo Maluf e, em duas oportunidades, ocupou o ministério da Saúde: durante oito meses no governo Fernando Collor de Mello (PRN) em 1992 e no período 1995-1996 no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Apesar da atuação pública, Adib Jatene nunca se filiou a nenhum partido político.

O cardiologista será velado no anfiteatro que leva seu nome no Hospital do Coração e o enterro será às 17h no Cemitério do Araçá, na capital paulista.

Leia tudo sobre: Dilma RousseffAdib JateneSaúdeG20

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas