Eleitores cearenses votam neste domingo (26) para presidente e governador; Os candidatos ao Palácio da Abolição são Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB)

Agência Brasil

Em dia de sol quente, com temperatura em torno dos 30 graus Celsius (ºC), moradores de Fortaleza saíram cedo para votar. O aposentado Merval do Vale, de 68 anos, chegou à seção eleitoral no Colégio Padre José Nelson, no bairro de Varjota, antes das 7 horas.

Veja o clima do segundo turno das eleições neste domingo (26):

Tudo para não passar horas na fila, como ocorreu no primeiro turno. “Da outra vez, eu cheguei aqui às 8h e só consegui votar às 15h. Mas também tinham mais candidatos”, observa o morador de Fortaleza.

A estudante Camila Rodrigues, de 19 anos, votou pela primeira vez para presidente e governador nestas eleições. Ela também chegou cedo ao local de votação e se lembra de que em 2012, mesmo sendo facultativo, fez questão de escolher o prefeito da cidade. “Eu sempre tive vontade de votar. Acredito que um voto pode fazer a diferença no resultado.”

Carros e militares do Exército fazem ronda, desde a madrugada, pelas ruas de Fortaleza e de mais 12 municípios. A presença das Forças Armadas foi um pedido do Ministério Público Eleitoral.

No Ceará, 6.271.554 pessoas podem votar. Na capital Fortaleza, maior colégio eleitoral do estado, estão 26,4% dos eleitores. Os cearenses votam, neste domingo (26), para presidente e governador. Os candidatos ao Palácio da Abolição são Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB).

No primeiro turno, a disputa foi acirrada, com 59.734 votos de diferença entre os candidatos. No dia 5 de outubro, Camilo Santana conquistou 47,81% dos votos; e Eunício Oliveira, 46,41%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.