Reinaldo Azambuja é eleito governador em Mato Grosso do Sul

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Candidato do PSDB teve 55,3% dos votos enquanto Delcídio do Amaral, do PT, teve 44,6%

Com 100% da urnas apuradas, o tucano Reinaldo Azambuja (PSDB) está matematicamente eleito governador em Mato Grosso do Sul, com 55,3% dos votos. Delcídio do Amaral (PT) teve 44,6% da preferência dos eleitores.

Saiba tudo sobre as eleições 2014

A votação deste domingo (26) mostra resultado invertido em relação ao primeiro turno, em 5 de outubro, quando Delcídio teve 42,92% dos votos válidos e Reinaldo, o equivalente a 39,09%.

Ivo Sartori, que concorre ao segundo turno do governo do Rio Grande do Sul pelo PMDB, posa para fotos depois de votar na hora do almoço neste domingo. Foto: Twitter/RedesartoriDilma ganha beijo de Tarso Genro, que disputa o segundo turno do governo do Rio Grande do Sul, em colégio eleitoral. Foto: Ichiro Guerra/Dilma 13Rodrigo Rollemberg, que disputa o segundo turno das eleições para governo do Distrito Federal pelo PSB, em seu local de votação neste domingo. Foto: Felipe Costa/Futura PressJofran Frejat, que disputa o segundo turno do governo do Distrito Federal pelo PP, sorri depois de votar em Brasília. Foto: TV Brasil/Agência BrasilPezão, governador e candidato à reeleição no Rio de Janeiro pelo PMDB, vota na Escola Municipal de Lajes, no bairro de Ribeirão das Lajes, em Piraí . Foto: Ale Silva/Futura PressCassio Cunha Lima (PSDB) vota em Campina Grande. Ele concorre ao segundo turno do governo da Paraíba. Foto: DivulgaçãoRicardo Coutinho, do PSB, vota na manhã deste domingo. Ele disputa o segundo turno do governo da Paraíba. Foto: Facebook/Ricardo CoutinhoTião Viana (PT) disputa o segundo turno das eleições para o governo do Acre. Foto: Facebook/Tião VianaConfucio Moura, do PMDB, concorre no segundo turno do governo de Rondônia. Foto: Facebook/Confucio MouraMarconi Perillo, do PSDB, participa de missa no domingo de eleições. Ele disputa segundo turno do governo de Goiás. Foto: Facebook/Marconi PerilloIris Rezende (PMDB) vota no no Colégio Marista, em Goiânia. Ele disputa segundo turno do governo do estado de Goiás. Foto: Leandro Vieira/Iris 15Expedito Junior (PSDB) disputa segundo turno para o governo de Rondônia e cumprimenta eleitores em seu colégio eleitoral. Foto: Facebook/Expedito JuniorChico Rodrigues (PSB), que disputa o segundo turno no governo de Roraima, vota neste domingo ao lado da esposta. Foto: Graziele Bezerra/Rádiojornalismo/EBCSuely Campos (PP), que disputa o segundo turno das eleições para o governo de Roraima, votou por volta das 8h50 deste domingo no centro de Boa Vista. Foto: Graziele Bezerra/Rádiojornalismo/EBCHenrique Alves compartilha em seu Facebook voto do momento da votação neste domingo. Candidato do PMDB disputa segundo turno para governo do Rio Grande do Norte. Foto: Facebook/Henrique AlvesRobinson Faria, candidato do PSB no segundo turno ao governo do Rio Grande do Norte, vota ao lado da família neste domingo. Foto: Twitter/Robinson FariaEduardo Braga, que disputa o segundo turno no governo do Amazonas pelo PMDB, vota na Escola Marechal Hermes da Fonseca, no conjunto Cofasa, em Manaus . Foto: Edmar Barros/Futura PressJosé Melo (PROS), governador e candidato à reeleição no Amazonas, posa para fotos depois de votar no Colégio Ângelo Ramazotti, em Manaus . Foto: Edmar Barros/Futura PressDelcídio (PT) vota em Corumbá. Ele disputa o segundo turno das eleições para o governo do Mato Grosso do Sul. Foto: DivulgaçãoReinaldo Azambuja, que disputa o segundo turno do governo de Mato Grosso do Sul pelo PSDB, vota na Escola Lucia Martins Coelho, em Campo Grande. Foto: Moisés Palácios/Futura PressHelder Barbalho (PMDB) vota ao lado da família. Ele concorre no segundo turno ao governo do Pará. Foto: Twitter/Helder BarbalhoSimão Jatene (PSDB), que disputa o segundo turno do governo do Pará, em seu colégio eleitoral. Foto: Igor Mota/Futura PressEunício Oliveira (PMDB), que concorre no segundo turno do governo do Ceará, posa para fotos depois de votar em Fortaleza. Foto: Marcelo Camargo/ABr Camilo, do PT, conversa com eleitores depois de votar. Ele concorre ao segundo turno do governo do Ceará. Foto: Reprodução

Perfil

Reinaldo Azambuja elegeu-se prefeito de Maracaju, em 1996, pelo PSDB, e reelegeu-se em 2000. No período, foi reconhecido por ter melhorado a economia da cidade, que passou da 12ª para a 5ª colocação no Estado. Também durante a gestão Azambuja, Maracaju teve 100% das ruas asfaltadas.

Em 2006, elegeu-se deputado estadual com a maior votação da história de Mato Grosso do Sul. Em 2010, elegeu-se deputado federal.

Em 2012, candidatou-se à Prefeitura de Campo Grande, mas não teve sucesso, recebendo o equivale a 25,43% dos votos válidos.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas