Terceira colocada no primeiro turno das eleições, Marina ainda reiterou seu apoio a Aécio Neves

Reuters

Marina Silva, que concorreu à Presidência pelo PSB e agora apoia Aécio Neves no segundo turno, vota em Rio Branco, no Acre
Facebook/Marina Silva
Marina Silva, que concorreu à Presidência pelo PSB e agora apoia Aécio Neves no segundo turno, vota em Rio Branco, no Acre


Marina Silva (PSB), terceira colocada no primeiro turno das eleições, afirmou neste domingo que o próximo presidente terá que fazer uma gestão eficiente que recupere a economia do país.

"Hoje estamos com inflação alta, crescimento baixo, temos juros que são altíssimos e temos uma situação de baixos investimentos ameaçando o emprego e salário dos trabalhadores, além de graves denúncias de corrupção", disse ela a jornalistas em Rio Branco (AC), onde votou na sede do Incra.

"É preciso buscar uma gestão que seja eficiente", completou ela, repetindo seu apoio ao candidato do PSDB, Aécio Neves , na disputa com Dilma Rousseff , do PT. "Independentemente do resultado, é fundamental que depois dessas eleições se tenha uma postura de unir o Brasil."

Questionada sobre seu futuro político, Marina disse que se dedicará à militância socioambiental.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.