Acompanhado de Luiz Marinho e Alexandre Padilha, ex-presidente votou em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e declarou que não vê retrocesso caso Dilma seja eleita com uma diferença pequena de votos

Ex-presidente Lula vota na Escola Estadual José Firmino Correia De Araújo, em São Bernardo do Campo, em São Paulo
Marcos Bezerra/Futura Press
Ex-presidente Lula vota na Escola Estadual José Firmino Correia De Araújo, em São Bernardo do Campo, em São Paulo


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  (PT), em rápida coletiva concedida após votar em São Bernardo do Campo (SP), comentou que não vê risco de retrocesso democrático no País mesmo que a presidente Dilma Rousseff  (PT) seja eleita com uma diferença pequena de votos.

Leia mais: Para acadêmicos estrangeiros, eleição será disputa entre legados de Lula e FHC

Para o ex-presidente, Dilva teve seu mandado alicerçado pela população e, nas palavras dele, apoia amplamente a democracia. "Esse país aprendeu a valorizar a democracia. A Dilma tem o povo brasileiro e grande parte da sociedade ao lado dela, por isso acredito que não haja nenhum reacionário tentando truncar o mandato como aconteceu com Getúlio Vargas."

Fique por dentro de tudo das eleições 2014

A seguir, o líder petista alertou que os rumores de comprometimento da democracia decorrem de um discurso radical da oposição. "O que há de grave é que o discurso é muito semelhante. Se vocês, da imprensa, lessem o livro do [Franklin] Roosevelt (ex-presidente dos EUA), quando ele começou a fazer o 'new deal', vocês iriam perceber que os republicanos o tratavam da mesma forma que o Aécio tratou a Dilma", comparou Lula.

Veja também: Dilma promete Brasil da mudança com continuidade e avanço social

O ex-presidente chegou ao local de votação às 10h, acompanhado do prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), e do ex-ministro da Saúde e candidato derrotado ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha.

Candidatos votam neste domingo. Veja fotos na galeria:


    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.