Roseana Sarney desconversa sobre antecipação de fim de mandato

Por Wilson Lima - iG Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

No eixo governista, fala-se que ela não gostaria de entregar governo ao ex-presidente da Embratur Flávio Dino

Em entrevista coletiva realizada na tarde desta no Maranhão, a governadora do Estado, Roseana Sarney (PMDB), desconversou sobre a possibilidade de deixar o executivo antes do final do mandato. Questionada se deixaria o governo em novembro, a filha do senador José Sarney (PMDB-AP) disse apenas. “Olha... Não sei”.

Conforme o iG apurou, a filha de Sarney pretende renunciar ao mandato de governadora no próximo mês, mesmo faltando pouco mais de 60 dias para o término de sua gestão. Interlocutores afirmam que a pemedebista não gostaria de passar diretamente a faixa ao governador eleito e ex-presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) Flávio Dino.

Poder Online: Roseana planeja renunciar antes de passar faixa a Flávio Dino 

Agência Brasil
Governadora Roseana Sarney com o pai, o senador José Sarney


Nos bastidores, diz-se que ela ficaria “extremamente constrangida” em ser obrigada a fazer a transmissão a um político da oposição. Dino venceu o candidato apoiado por Roseana, Edison Lobão Filho (PMDB) por uma diferença de um milhão de votos. A derrota em 2014 foi a maior do grupo Sarney no Maranhão.

Durante a coletiva de imprensa, Roseana não confirmou se deixará o governo em novembro. Disse apenas em seguir “passos naturais”. “Olha... Não sei. A gente tem que pensar, e conversar, e ver... Mas por enquanto eu estou seguindo meus passos naturais, né? Tocando as minhas obras, verificando como é que andam... Eu ainda quero inaugurá-las”, resumiu Roseana Sarney.

Caso ela desista do mandato em novembro, como membros da base governista tem dito, o Estado pode ser administrado por Arnaldo Melo (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa e candidato a vice-governador de Edison Lobão Filho (PMDB). Melo não tem mandato para o ano que vem e caso assuma o governo, mesmo que seja por menos de três meses, ele terá direito a uma aposentadoria vitalícia de aproximadamente R$ 25 mil.

Leia mais: Derrotado, clã Sarney busca receita para sobreviver no Maranhão

Leia tudo sobre: Eleições 2014eleições 2014 ma

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas