Datafolha: Aécio tem larga vantagem no DF; no RJ e no RS há empate técnico

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Pesquisa fez totalização desconsiderando votos brancos, nulos e indecisos, método similar ao da Justiça Eleitoral

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (17) mostra que o presidenciável do PSDB, Aécio Neves tem larga vantagem sobre a candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) no Distrito Federal enquanto que no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul o quadro é de empate técnico.

Reprodução
Dilma Rousseff e Aécio Neves disputam o segundo turno das eleições presidenciais

Leia mais: Voto de indecisos deve decidir eleição nas últimas 48 horas

Eleitores lotam bares para assistir aos debates

Ibope: Aécio sobe 4 pontos no Nordeste e Dilma oscila positivamente no Sudeste

Em empate técnico, Aécio marca 45% e Dilma, 43 %, segundo Ibope


No Distrito Federal, Aécio tem 65% contra 35% de Dilma. Esses índices desconsideram os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos em procedimento similar ao adotado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Quando os votos brancos, nulos e indecisos são considerados, Aécio atinge 57% da preferência dos pesquisados ante 31% de Dilma. Brancos e nulos somaram 7% e não sabem ou não responderam 6%. 

Veja imagens do segundo turno da campanha presidencial:

Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) participam do segundo debate presidencial do segundo turno, realizado pelo SBT na noite desta quinta-feira (16/10). Foto: ReproduçãoAécio neves durante intervalo do debate no SBT, o segundo do segundo turno das eleições (16/10). Foto: AP Photo/Andre PennerAssessores e profissionais arrumam Dilma durante intervalo de debate no SBT (16/10). Foto: AP Photo/Andre PennerAécio atende jornalistas em São Paulo (16/10). Foto: Vitor Sorano/iGAécio faz ato político em São Paulo e assina Termo de Compromisso do Projeto Presidente Amigo da Criança (15/10). Foto: Marcos Fernandes/Coligação Muda BrasilDilma participa de ato de apoio aos professores em São Paulo (15/10). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Dilma e Aécio durante o primeiro debate do segundo turno das eleições, na Band (14/10) . Foto: ReutersDilma dá entrevista coletiva em São Paulo antes do primeiro debate na TV no segundo turno das eleições (14/10). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Aécio Neves também atende à imprensa antes de debate em São Paulo (14/10). Foto: Marcos Fernandes/ Coligação Muda BrasilAécio Neves durante ato político em Curitiba, no Paraná (13/10). Foto: Igo Estrela/PSDB - 13.10.2014Dilma faz ato de apoio a sua candidatura em Brasília (13/10). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Também em Brasília, Dilma Rousseff recebe Roberto Amaral, líder do PSB (13/10). Foto: Ichiro Guerra/Dilma 13No dia das crianças, Dilma visita Centro Educacional Unificado (CEU) Jambeiro, em Guaianases, São Paulo, e assiste à apresentação de ginástica (12/11). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Fernando Pimentel, governador eleito em Minas, faz carreata com Dilma Rousseff em Contagem e ataca de fotógrafo (11/10). Foto: Ichiro Guerra/PTEleitores se apertam para chegar perto de 
Dilma Rousseff depois de caminhada e carreata na cidade mineira de Contagem (11/10). Foto: Ichiro Guerra/PTMarcelo Crivella, que concorre ao segundo turno do governo do Rio de Janeiro contra Pezão, faz campanha por Dilma em São João de Meriti (10/10). Foto: Edvaldo Reis/Crivella 10Dilma participa de ato de mobilização com prefeitos e representantes dos movimentos sociais em Alagoas (9/10). Foto: Ichiro Guerra/PTDilma em campanha na zona sul de SP. Foto: Fotos PúblicasAécio faz carreata ao lado de políticos em Sirinhaém, em Pernambuco (11/10). Foto: Igo Estrela/Coligação Muda BrasilAécio assiste à missa na Basílica de Nossa Senhora Aparecida com a esposa Letícia, Geraldo Alckmin e a esposa do governador, Lu Alckmin (12/10). Foto: Marcos Fernandes/Colig. Muda BrasilAo lado da filha Gabriela, Aécio visita Renata Campos e a família de Eduardo Campos no Recife (11/10). Foto: Orlando Brito/Coligação Muda BrasilFilho de Eduardo Campos discursa ao lado de Aécio Neves no Recife. PSB e família Campos apoiam tucano no segundo turno das eleições (11/10). Foto: Orlando Brito/Coligação Muda BrasilAécio recebeu apoio formal do PSB de Pernambuco e de família de Eduardo Campos. Foto: DivugaçãoMais de 10 mil pessoas lotaram a Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, para manifestação em apoio à candidatura de Aécio Neves (11/10). Foto: Bruno Magalhães/Coligação Muda BrasilAécio Neves se reúne com Armínio Fraga no Rio de Janeiro. Se eleito, tucano já disse que ex-presidente do Banco Central será ministro da Fazenda (10/10). Foto: Marcos Fernandes/Colig. Muda BrasilAécio Neves durante a primeira inserção de TV do segundo turno (9/10). Foto: ReproduçãoAécio Neves participa de entrevista coletiva depois de dia de compromissos no Rio de Janeiro (9/10). Foto: Marcos Fernandes/Coligação Muda BrasilDilma Rousseff abriu o horário eleitoral na televisão no segundo turno das eleições (9/10). Foto: ReproduçãoDilma Rousseff (PT) participa de encontro com apoiadores no Museu du Ritmo em Salvador nesta quinta-feira (9/10). Foto: Divulgação/PTDilma Rousseff (PT) posa junto com eleitora em evento de campanha em Teresina, no Piauí (8/10) . Foto: Dilvulgação/PTCorreligionários do PT participaram de evento com Dilma Rousseff no Piauí (8/10). Foto: Divulgação/PTPresidente Dilma cumprimenta eleitores em ato político com lideranças e prefeitos em Teresina (PI) (8/10). Foto: Divulgação/PTAécio Neves(PSDB) recebe apoio dos dirigente do PSB, partido de Marina Silva (8/10). Foto: Divulgação/PSDBAécio Neves (PSDB) relança sua campanha à Presidência da República no Memorial JK em Brasília (08/10). Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaPastor Everaldo declara apoio ao tucano no segundo turno (8/10). Foto: PSDB/ DIVULGACAO - 8.10.14A presidente Dilma Rousseff se reuniu nesta terça-feira com senadores e governadores eleitos da base aliada (7/10) . Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaDilma Rousseff (PT) em reunião de mobilização  para a campanha de segundo turno  (7/10). Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaDilma Rousseff (PT) participa de reunião de mobilização em Brasília, nesta terça-feira (7/10). Foto: Divulgação/PTAécio Neves participa de encontro com trabalhadores da construção civil na manhã desta terça-feira, em São Paulo (7/10). Foto: Orlando Brito/Coligação Muda BrasilGeraldo Alckmin, governador reeleito no primeiro turno em São Paulo, participa de dia de campanha de Aécio Neves na capital paulista (7/10). Foto: Orlando Brito/Coligação Muda BrasilAécio Neves faz campanha para o segundo turno e visita obras na Chácara Santo Antônio, em São Paulo, ao lado de José Serra, eleito senador, e José Aníbal (7/10). Foto: Vitor Sorano/iGAécio Neves (PSDB) cumprimenta Geraldo Alckmin, governador reeleito de São Paulo, em coletiva de imprensa na capital paulista (6/10) . Foto: Divulgação/PSDBUm dia depois das eleições, Dilma Rousseff, que disputa o segundo turno com Aécio Neves, recebe jornalistas em Brasília (6/10). Foto: Cadu Gomes/ Dilma 13Dilma chega para coletiva de imprensa depois do resultado do primeiro turno das eleições ao lado de Michel Temmer, vice em sua chapa para a Presidência (5/10). Foto: Agência BrasilPresidente e candidata Dilma Rousseff fala com a imprensa após apuração de votos que a levou para o segundo turno com Aécio Neves. Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaAécio Neves (PSDB) comemora chegada ao segundo turno das eleições presidenciais em Belo Horizonte neste domingo (05). Foto: Divulgação/PSDBAo lado da esposa Letícia e de partidários, Aécio Neves participa de coletiva depois de chegar ao segundo turno das eleições presidenciais (5/10). Foto: Agência BrasilAécio Neves, candidato à Presidência pelo PSDB, em votação em Belo Horizonte (5/10). Foto: Agência BrasilDilma volta para Brasília depois de votar em Porto Alegre (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersDilma Rousseff, presidente e candidata à reeleição pelo PT, vota na manhã deste domingo em Porto Alegre. Ela foi a primeira presidenciável a votar (5/10). Foto: Felipe Dana/AP


O estudo foi encomendado pela Rede Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo. Foram ouvidos 1.217 eleitores no DF no último dia 15 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Eleitoral Regional do DF sob o número DF-00083/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE): BR-01098/2014.

Equilíbrio no RJ e no RS

Nos estados do Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul,  o equilíbrio entre Dilma Rousseff e Aécio Neves é a tônica da pesquisa Datafolha. No primeiro estado, a petista tem leve vantagem de 51% contra 49% de Aécio, excluídos os votos brancos, nulos e os indecisos. Quando estes são considerados, Dilma mantém dois pontos de vantagem - dentro da margem de erro que é de três pontos percentuais: 43% a 41%. Aqui, brancos e nulos somam 9% e 6% não souberam ou não responderam em quem vão votar no segundo turno.

No RJ, o Datafolha ouviu 1.486 eleitores em 36 municípios no dia 15 de outubro. O levantamento foi registrado no Tribunal Eleitoral Regional (TRE) local sob o número RJ-00069/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE): BR-01098/2014.

Já no Rio Grande do Sul, a vantagem de dois pontos porcentuais migra para Aécio Neves. Sem considerar os votos brancos, nulos ou indecisos, o tucano é citado por 51% dos gaúchos enquanto Dilma é a preferida de 49%. 

No primeiro turno, a presidente Dilma Rousseff venceu as eleições no Rio Grande do Sul recebendo 43% dos votos enquanto Aécio Neves teve 41% e Marina Silva ficou em terceiro, com 12%.

Ibope: Dilma lidera no Rio de Janeiro

Outra pesquisa divulgada na noite de quinta-feira (16) foi a de intenção de voto para presidente no estado do Rio de Janeiro realizada pelo Ibope. Nesse levantamento, Dilma Rousseff aparece na frente nos votos válidos, com 53%, contra 47% de Aécio Neves. 

Com os votos total, a vantagem da petista de mantém. Nesse caso, Dilma fica com 46% e Aécio, com 40%. Brancos e nulos somam 10% e os indecisos são 5%. 

O Ibope ouviu 2.002 eleitores em 43 municípios de 13 a 15 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Eleitoral Regional (TRE) sob o protocolo RJ-00070/2014 e no Tribunal Superior eleitoral sob o registro BR-01101/2014.

Leia tudo sobre: Eleições 2014Dilma RousseffAécio NevesPTPSDBsegundo turnopesquisaibopedatafolha

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas