Partido da presidente Dilma elegeu 70 deputados federias, conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). PMDB também perdeu parlamentares. PSDB manteve mesma bancada eleita e PSD é quarta força do legislativo

Ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez foi o deputado federal do PT mais bem votado em São Paulo
Twitter/@Padilhando
Ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez foi o deputado federal do PT mais bem votado em São Paulo

O PT conseguiu sair das eleições deste domingo com a maior bancada da Câmara. Apesar disso, a legenda elegeu um número inferior de deputados federais em comparação com as eleições de 2010. O PMDB mantém a posição de segundo maior partido na Câmara, mas também encolheu. O PSDB manteve o número de parlamentares e o PSD, criado em 2012, mantém-se como quarta força na Câmara.

Na prática, o número de parlamentares ficou mais pulverizado entre 28 legendas. PSOL, por exemplo, ganhou parlamentares e PSDC conseguiu duas vagas na Câmara. Em 2010, 22 partidos haviam conseguido vagas na Câmara Federal.

Deputado mais votado do País, Russomanno admite não cumprir mandato até o fim

Ao todo, o PT elegeu 70 deputados federais. Em 2010, a legenda havia conseguido 86 vagas em todo o Brasil. A maior parte dos deputados do PT eleitos veio de São Paulo e Minas Gerais. O PT conseguiu fazer dez parlamentares em cada um destes Estados. No Rio Grande do Sul, foram oitos deputados petistas eleitos.

O PMDB conseguiu eleger 66 deputados federais, 12 a menos do que em 2010. A maioria deles no Rio de Janeiro, terra do líder do PMDB da Câmara, Eduardo Cunha. Foram oito deputados do PMDB eleitos no Rio. Em Minas Gerias, o PMDB também teve uma votação expressiva e conseguiu seis vagas no segundo maior colégio eleitoral do país.

Barrado pelo Ficha Limpa, Paulo Maluf recebe mais de 250 mil votos para deputado

O PSDB manteve o volume de 54 deputados eleitos em 2010. O rendimento tucano nestas eleições é fruto, principalmente, da votação do eleitorado paulista, que elegeu 14 parlamentares do PSDB. Em Minas Gerais, terra do presidenciável Aécio Neves, o partido conseguiu fazer sete parlamentares e em Goiás, governado pelo tucano Marconi Perillo, outros seis.

Confira quantos votos receberam os candidatos famosos nas eleições

O PSD, partido criado pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, conseguiu fazer 36 deputados e o PSB, legenda do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, falecido em um acidente de avião em agosto, manteve o número de 35 parlamentares eleitos em 2010. O PP elegeu, este ano, nove parlamentares a menos que em 2010. Há quatro anos, o PP conseguiu 44 vagas na Câmara e em 2014, 35. O PR, do deputado federal paulista Tiririca, fez 34 deputados. Em 2010, a legenda havia conquistado 41 cadeiras na Câmara.

O DEM vem perdendo força a cada eleição e se em 2010 tinha conseguido eleger 43 deputados, esse ano obteve apenas 23 vagas na Câmara.

NOVAS LEGENDAS

Alguns partidos que surgiram na atual legislatura como o Solidariedade e Pros conseguiram ao menos manter parte de suas respectivas bancadas. O Solidariedade (SD) elegeu 15 deputados. Hoje a bancada do partido tem 22. O Pros elegeu 11 parlamentares. A bancada atual da legenda tem 22.

Reeleito deputado pelo Rio, Bolsonaro quase quadruplicou votos em relação a 2010

Celso Russomanno, o deputado federal mais votado do país, fará seu quinto mandato
Divulgação
Celso Russomanno, o deputado federal mais votado do país, fará seu quinto mandato

O Psol elegeu cinco deputados. Três no Rio de Janeiro, um em São Paulo e outro no Pará. A atual bancada do Psol tem três representantes. O nanico PSDC, o presidenciável José Maria Eymael, conseguiu eleger dois deputados federais. Um no Maranhão e outro no Rio de Janeiro.

Dado como morto pelo TRE, suplente de deputado é impedido de votar no RN

O Partido Ecológico Nacional (PEN) elegeu dois deputados. Os dois vem do Maranhão e o PRTB do presidenciável Levy Fidelyx conseguiu uma vaga na Câmara.

O deputado federal mais votado em todo o Brasil foi o ex-candidato a prefeito de São Paulo, Celso Russomanno (PRB). Ele sozinho obteve 1,5 milhões de votos e conseguiu levar com ele outros sete deputados federais. Um deles, Fausto Pinato (PRB), teve apenas 22 mil votos. Russomanno, sozinho, foi responsável pela eleição de um terço da bancada do PRB na Câmara Federal.

O deputado federal Tiririca (PR) também teve uma votação expressiva, mas não conseguiu repetir o fenômeno de 2010. Ele obteve 1 milhão de votos. Em 2010, ele havia obtido 1,3 milhões de votos. No Rio de Janeiro, o mais bem votado foi Jair Bolsonaro (PP), que obteve 464 mil votos.

Confira a bancada de cada partido na Câmara:

PT: 70
PMDB: 66
PSDB: 54
PSD: 36
PSB: 35
PP: 35
PR: 34
PTB: 25
DEM: 23
PRB: 21
PDT: 19
SD: 15
PSC: 12
PROS: 11
PCdoB: 10
PPS: 10
PV: 8
PHS: 5
PSOL: 5
PTN: 4
PRP: 3
PMN: 3
PSDC: 2
PTC: 2
PEN: 2
PTdoB: 1
PSL: 1
PRTB: 1

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.