Alckmin diz que não falta água em SP: "Temos reserva de 200 bilhões de litros"

Por Vitor Sorano - iG  São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Governador tucano alega que problemas de abastecimento relatados por consumidores decorrem de "troca de sistema"

Reeleito no primeiro turno, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), negou novamente risco de racionamento de água em São Paulo, na noite desta segunda-feira (06). Ela disse que os problemas de abastecimento relatados por consumidores podem ser decorrentes de "troca de sistema".

"Não tem falta. Aqueles casos é só nos mandar que nós vamos verificar. A única hipótese de ter falta é se quando você troca de sistema, mas é uma coisa pontual e transitória."

Leia também: Aécio pode alterar programa de governo para garantir o apoio de Marina

Alckmin disse que a realização de um racionamento seria um erro técnico pois a retomada da pressão após um eventual corte leva a perdas de água.

Vitor Sorano/iG São Paulo
Geraldo Alckmin (PSDB) participa de entrevista coletiva com presidenciável do PSDB, Aécio Neves


"Não vai haver racionamento. Primeiro que nós fizemos como bônus (na conta de água de quem reduzisse o consumo) uma economia equivalente a 36 horas com água e 72 horas sem água", disse o governador, prometendo manter a medida em vigor - sem dar prazo.

Na campanha: Candidatos ignoram maior crise hídrica da História, diz ambientalista

Alckmin argumentou que o volume morto do Cantareira é tem 400 bilhões de litros, dos quais 186 bilhões já estão em processo de utiização.

"Já estamos na primavera e não vai faltar [água]. Nós temos uma reserva de mais de 200 bilhões de litros de água. Nem pretendemos usar tudo isso", afirmou o tucano. "

O governador prometeu mudar o secretariado para o segundo mandato, mas não indicou em quais pastas irá mexer. Alckmin também previu cortes de gastos correntes no orçamento com vistas a elevar investimentos

Leia tudo sobre: Eleições 2014Aécio NevesMarina Silva

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas