Temer diz que vai buscar apoio até mesmo do PSDB no segundo turno

Por Vitor Sorano - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Vice-presidente foi vaiado ao sair do prédio, em São Paulo

Vitor Sorano/iG
Vice-presidente Michel Temmer vota em São Paulo (5/10)

Depois de acompanhar Gilberto Kassab e Paulo Skaf em suas votações, foi a vez de Michel Temer (PMDB) se dirigir a zona eleitoral. Por volta das 10h30, o vice-presidente chegou à PUC-SP, em Perdizes, zona oeste de São Paulo. 

LEIA MAIS: Marina tenta superar ataques e contradições para se firmar como alternativa

Ao lado de seus correligionários, Temer argumentou que vai buscar apoio até mesmo do PSDB em um eventual segundo turno de Dilma Rousseff contra Marina Silva. "Quem não for para o segundo turno será procurado. "É claro [que até mesmo o PSDB]. Política se faz dessa maneira. Diálogo e mais diálogo", disse logo antes se encaminhar para a cabine de votação.

Questionado sobre se o PSB também seria procurado, Temer respondeu afirmativamente.

Temer se disse esperançoso com uma vitória no primeiro turno e que só começará a se preparar para um eventual segundo turno depois da apuração dos votos. "Acho que será uma disputa muito democrática, que se resolverá muito pelos debates que vão se verificar, pela presença dos candidatos em todo o País", disse, ressaltando que não tem preferência em enfrentar Marina Silva ou Aécio Néves. "Não há preferência. Os dois são candidatos respeitáveis."

O vice-presidente foi cumprimentado por alguns eleitores, mas acabou saindo vaiado do prédio, e sob os gritos "ladrão".

MAIS: Veja em fotos o dia de votação dos candidatos:

Dilma Rousseff, presidente e candidata à reeleição pelo PT, vota na manhã deste domingo em Porto Alegre. Ela foi a primeira presidenciável a votar (5/10). Foto: Felipe Dana/APV da vitória de Dilma Rousseff na urna em Porto Alegre (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersDilma exibe comprovante de votação (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersTarso Genro, candidato do governo do Rio Grande do Sul pelo PT, acompanhou Dilma Rousseff na votação (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersDilma, na companhia do neto Gabriel, pega voo para Brasília depois de votar em Porto Alegre (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersAécio Neves, presidenciável pelo PSDB, acompanha Antonio Anastasia e Pimenta da Veiga, candidatos ao senado e ao governo de Minas o mesmo partido (5/10). Foto: Leo Lara/Coligação Todos por MinasAécio Neves, candidato à Presidência pelo PSDB, vota ao lado da mulher Letícia em Belo Horizonte (5/10). Foto: Washington Alves/ReutersAécio Neves, candidato à Presidência pelo PSDB, em votação em Belo Horizonte (5/10). Foto: Agência BrasilDepois de votar, Aécio Neves posa para fotos no Colégio Estadual Central, em Belo Horizonte (5/10). Foto: Alberto Wu/Futura PressMarina Silva posta foto em sua página no Facebook a caminho da votação em Rio Branco, no Acre (5/10). Foto: Facebook/Marina SilvaMarina Silva, candidata à Presidência pelo PSB, posa para fotos depois de votar em Rio Branco, no Acre (5/10). Foto: Sergio Moraes/ReutersMarina Silva dá beijo no pai, Pedro Augusto Silva, em seu colégio eleitoral em Rio Branco (5/10). Foto: Sergio Moraes/ReutersMarina Silva está acompanhada pelo pai e pelo marido Fabio Vaz na votação (5/10). Foto: Sergio Moraes/ReutersDilma acena ao deixar o local de votação em Porto Alegre. A presidente e candidata à reeleição pelo PT passará a tarde e irá acompanhar a apuração em Brasília (5/10). Foto: Felipe Dana/APNo dia da eleição, presidente e candidata à reeleição pelo PT Dilma Rousseff toma café da manhã com políticos em Porto Alegre (5/10). Foto: Fernando Teixeira/Futura PressDilma Rousseff deixa o hotel onde tomou café da manhã em Porto Alegre para seguir para o seu colégio eleitoral (5/10). Foto: Twitter/PTLula chega ao seu colégio eleitoral para votação em São Bernardo do Campo, na Grande ABC, ao lado de Padilha, petista candidato ao governo do estado (5/10). Foto: Ana Flavia Oliveira/iGEduardo Jorge vai de bicicleta até o seu colégio eleitoral. Ele concorre à Presidência pelo PV (5/10). Foto: Reprodução/TwitterPaulo Câmara, candidato do governo de Pernambuco pelo PSB, vota na companhia de família de Eduardo Campos (João, filho de Campos é visto ao fundo) (5/10). Foto: Agência BrasilAcompanhado pela mulher, familiares e partidários, Geraldo Alckmin chega para votar no colégio Santo Américo, em São Paulo (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGJosé Serra, candidato do Senado pelo PSDB, vota em São Paulo (5/10). Foto: Carolina Garcia / iG Serra, candidato do senado pelo PSDB em São Paulo, com a neta Gabriela em seu local de votação (5/10). Foto: Carolina Garcia / iG Serra recebe o carinho de eleitora depois de votar na manhã deste domingo (5/10). Foto: Carolina Garcia / iG Alckmin e Serra posam para fotos depois de votação em São Paulo (5/10). Foto: Vanderlei Preite Sobrinho/iGFamília de Skaf reunida na votação do candidato do governo de São Paulo pelo PMDB (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGSkaf oferece pipoca para garoto que declarou apoio ao candidato do PMDB e arrancou risos ao dizer que votaria nele (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGAo lado da família, Skaf segue para a escola Britânica, no Jardim Paulistano, seu local de votação (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGSkaf, candidato ao governo de São Paulo pelo PMDB, também tem a companhia do neto no dia de votação (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGAlexandre Padilha, candidato do PT ao governo de São Paulo, vota no colégio Caetano de Campos, na praça Roosevelt, na capital paulista (5/10). Foto: Alex Falcão/Futura PressPadilha, que concorre ao governo de São Paulo pelo PT, faz pose para fotos depois da votação (5/10). Foto: Ana Flavia Oliveira/iGDepois de votar, Padilha faz uma pequena caminhada ao lado da esposa e de Suplicy, candidato ao Senado pelo PT (5/10). Foto: Ana Flavia Oliveira/iGPadilha, candidato ao governo de São Paulo pelo PT, se reúne com cúpula do partido para café da manhã no Hotel Braston antes da votação (5/10). Foto: Bruno Winckler/iGMarcelo Crviella, que concorre ao governo do Rio de Janeiro pelo PRB, vota no Clube Marimbás, junto ao Forte de Copacabana (5/10). Foto: Murilo Rezende/Futura PressPrefeito do Rio de Janeiro conversa com mesário antes de votar na capital fluminense (5/10). Foto: Thiago Mattos/AgNewsEduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, faz pose depois de votar (5/10). Foto: Thiago Mattos/AgNewsSuplicy, candidato ao senado em São Paulo, em sua seção eleitoral no Jardim Paulistano, na capital paulista (5/10). Foto: Bruno Winckler/iGKassab, candidato do Senado em São Paulo pelo PSD, vota na capital paulista (5/10). Foto: André Lucas Almeida/Futura PressPaulo Skaf, candidato ao governo de SP pelo PMDB, e Michel Temmer, vice presidente, acompanham Kassab, que concorre ao Senado, em seu local de votação (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGVice-presidente Michel Temmer vota em São Paulo (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGCesar Maia, candidato ao senado no Rio de Janeiro, em seu local de votação (5/10). Foto: Carlos Monteiro/Futura PressPaulo Souto, candidato a governador da Bahia pelo DEM, esquece documento na hora da votação. Ele buscou o documento e votou meia hora depois (5/10). Foto: Romildo de Jesus/iG Bahia


Leia tudo sobre: eleições 2014michel temer

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas