Com a desculpa de acompanhar parentes e aliados Paulo Skaf visitou oito locais de votação até o início da tarde de domingo

Skaf oferece pipoca para garoto que declarou apoio ao candidato do PMDB e arrancou risos ao dizer que votaria nele (5/10)
Vitor Sorano/iG
Skaf oferece pipoca para garoto que declarou apoio ao candidato do PMDB e arrancou risos ao dizer que votaria nele (5/10)

Com a justificativa de acompanhar parentes e aliados políticos, o candidato do PMDB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf , visitou oito locais de votação neste domingo (5), sobretudo em regiões nobres da cidade. Ao final da maratona, Skaf teve seu nome trocado pelo do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. "Meu voto é do senhor, Haddad", disse uma votante, que conhecia o candidato, mas trocou seu nome ao cumprimentá-lo. Skaf não perdeu om bom humor.

Saiba tudo sobre as eleições 2014

Sorridente, Skaf aproveitou para cumprimentar eleitores, inclusive mesários, posar para fotos e receber promessas de voto. A legislação eleitoral apenas impede que o candidato peça votos, algo que ele evitou fazer.

LEIA MAIS: Estou confiante de que há uma vontade de renovação em SP, diz Skaf

Para sustentar a maratona – que se estendeu do início da manhã até por volta das 14h30 –, o pemedebista recorreu a pacotes de pipoca doce comprados de vendedores de rua. "Adoro pipoca doce", disse o esguio candidato.

Skaf iniciou a corrida pela manhã, no Alto de Pinheiros, onde acompanhou o candidato ao Senado Gilberto Kassab (PSD) no Colégio Santa Cruz. De lá, seguiu para o Jardim Paulistano, onde votou na Escola Britânica, e em seguida foi até outra escola onde um dos cinco filhos votou.

Skaf também esteve na PUC, em Perdizes, junto com o vice-presidente Michel Temer (PMDB) e dali seguiu de volta para o Santa Cruz, onde votou o candidato a vice-governador José Roberto Bstochio, ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Mais tarde, Skaf foi até uma escola no Itaim, onde a nora, Adriana Skaf, levou mais de dez minutos para votar por ter esquecido os documentos, e depois visitou os colégios particulares Miguel de Cervantes, na Vila Sônia, e Pio XII, no Real Parque. O périplo foi encerrado na escola municipal José de Alcantara Machado Filho, também no Real Parque. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.