Polícia do Rio prende três candidatos e cerca de 70 pessoas por boca de urna

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

O TRE-RJ também informa que 277 candidatos no estado vão aparecer provisoriamente com zero voto

Agência Brasil

Os fiscais do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro já prenderam, no início da manhã de hoje (5) mais de 70 pessoas por boca de urna, incluindo três candidatos a deputado estadual, principalmente nas regiões de Nova Iguaçu e Campo Grande. Os candidatos presos são Bombeiro Nascimento, João Batista e Marcelo Borges.

Confira as imagens das eleições pelo Brasil:

Homem carrega cartaz em apoio a Dilma Rousseff e Padilha, candidato ao governo de São Paulo pelo PT, em local de votação na capital paulista (5/10). Foto: Nacho Doce/ReutersFila para votação na Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro (5/10). Foto: Pilar Olivares/ReutersSantinhos são espalhados pela rua em frente a colégio eleitoral em escola na Favela da Maré, no Rio de Janeiro (5/10). Foto: Leo Correa/APEleitores fazem fila para votar na Maré, no Rio de Janeiro (5/10). Foto: Leo Correa/APGaroto se ajoelha para votar em colégio eleitoral em São Bernardo do Campo, em São Paulo (5/10). Foto: Nacho Doce/ ReutersMãe leva filho para a votação em escola na Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro (5/10). Foto: Pilar Olivares/ReutersSegurança no domingo de eleições na Favela da Maré, no Rio de Janeiro (5/10). Foto: Leo Correa/AP

De acordo com a diretora-geral do TRE-RJ, Adriana Brandão, 80 zonas eleitorais do interior ainda não mandaram as informações sobre o número de prisões, mas já foram confirmadas oito. O primeiro boletim do TRE-RJ foi divulgado às 10h30 e a previsão é que a próxima atualização saia ao meio-dia.

Adriana ressalta que, até o momento, “está tudo transcorrendo dentro da normalidade” e que foram substituídas 217 urnas, todas eletrônicas. A partir das 14h, o TRE-RJ inicia uma sessão extraordinária permanente, com todos os membros da corte em plantão para deliberar sobre qualquer processo urgente que apareça relativo ao pleito, como pedidos de habeas corpus, liminares e mandados de segurança.

Em Mongaguá, quatro pessoas são detidas por fazerem boca de urna

Também no TRE-RJ está sendo feita a votação paralela, para auditoria das quatro urnas sorteadas ontem (4). Durante o dia, serão digitados os votos colocados ontem em uma urna de papel e ao fim da votação, às 17h, essa votação paralela será apurada para verificar se os números na urna eletrônica correspondem aos dos votos em papel.

O TRE-RJ também informa que, iniciada a transmissão e contagem dos votos, 277 candidatos vão aparecer provisoriamente com zero voto, pois tiveram o registro negado e aguardam o julgamento do recurso pelo Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília. Os votos dados a esses candidatos serão contabilizados em separado.

Caso o TSE confirme o indeferimento do registro, os votos serão declarados nulos, mas se o TSE liberar as candidaturas, os votos serão validados e totalizados. Entre os candidatos nessa situação estão César Maia (DEM) e Eduardo Serra (PCB), ambos concorrendo ao Senado.

Leia tudo sobre: eleições 2014

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas