A parente do pemedebista foi à urna apenas com o título do eleitor, sem ter levado um documento com foto

Skaf posa para fotos com eleitores depois de votação em São Paulo (5/10)
Vitor Sorano/iG
Skaf posa para fotos com eleitores depois de votação em São Paulo (5/10)

A nora de Paulo Skaf , candidato do PMDB ao governo de São Paulo, levou mais de dez minutos para conseguir votar, dez vezes o tempo médio de votação, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O pemedebista a acompanhava dentro da sala.

Saiba tudo sobre as eleições 2014

Amanda Skaf foi à urna apenas com o título do eleitor - pelas leis brasileiras, é até possível votar sem ele, mas é indispensável apresentar um documento original com foto. Com isso, Skaf e a mulher tiveram de aguardar na sala de votação até que um dos filhos de Skaf buscasse o RG dela no carro.

LEIA MAIS: Com Serra e família, Alckmin vota e mostra confiança em Aécio Neves

Outro fato contribuiu para a demora: o eleitor que estava à frente da nora de Skaf na fila deixou a sala antes de terminar a votação. Amanda teve de aguardar a intervenção de um mesário para liberar a urna.

VEJA TAMBÉM: Estou confiante de que há vontade de renovação em SP, diz Skaf

Bem humorado, Skaf, que estava dentro da sala, brincou com a situação: "Nora dá trabalho", disse. O episódio ocorreu na Escola Ceciliano Enges, no Itaim. O candidato do PMDB tem acompanhado a votação ao lado de seus familiares. Ele tem cinco filhos.

Confira fotos dos candidatos votando neste domingo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.