"Me sinto diminuída", diz moradora de favela que vota em hotel cinco estrelas

Por BBC | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A dona de casa Eliane Cardoso da Silva, de 40 anos, mora na Rocinha, mas precisa ir a hotel caro em São Conrado para votar

BBC

BBC Brasil
"Me sinto diminuída", diz a dona de casa Eliane Cardoso da Silva

"Me sinto diminuída", diz a dona de casa Eliane Cardoso da Silva, de 40 anos. Ela saiu cedo de casa, no topo da favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio de Janeiro, para votar em um hotel cinco estrelas, à beira da praia do bairro de São Conrado.

Acompanhe a cobertura completa das eleições 2014

Sem rendimento, Eliane, que vive da aposentadoria de invalidez do marido, diagnosticado com câncer linfático há três anos, e do dinheiro do Bolsa Família, conta que "nunca pôde sonhar" em se hospedar no local, que já recebeu uma longa lista de celebridades que vai desde o cantor americano Justin Bieber até a seleção brasileira de futebol, durante a Copa do Mundo.

Leia mais: TSE evita previsões, mas resultado de eleição deve sair às 21h

Com cerca de 200 mil habitantes, a favela da Rocinha, uma das maiores da América Latina, faz fronteira com o bairro de São Conrado.

Em uma cidade fortemente polarizada entre asfalto e favela, as eleições são um dos poucos momentos de ‘democratização’ do espaço público, afirmam analistas: é possível ver durante todo o dia pobres e ricos misturando-se em seções eleitorais por toda a cidade.

Empenho

A dona de casa cobra maior empenho dos governantes para melhorias na favela. "Falta tudo: escola, creche e saneamento". Ela diz esperar que as autoridades tirem a "UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do morro" e deem mais "oportunidades para os jovens".

"Desde que a UPP entrou, está tendo muito assalto, muita morte. Não era essa bagunça que está hoje", diz ela. "Os jovens estão aí sem fazer nada. Não sabe mais o que fazer, daí entra para a vida do crime, de dinheiro fácil".

Entre as prioridades para a favela, Eliane defende a implantação de um restaurante popular. "Muita gente não tem o que comer. Com apenas R$ 1 elas poderiam matar a fome", afirma ela, em alusão ao estabelecimento que serve refeições completas por esse valor.

Com cinco filhos e cinco netos, ela diz que sua rotina se limita "a cuidar do marido". "Tenho um filho que mora comigo e dois netos. De duas a três vezes na semana, levo meu marido ao hospital. É tudo muito difícil para quem é pobre".

Veja os candidatos durante a votação neste domingo (5):

Dilma Rousseff, presidente e candidata à reeleição pelo PT, vota na manhã deste domingo em Porto Alegre. Ela foi a primeira presidenciável a votar (5/10). Foto: Felipe Dana/APV da vitória de Dilma Rousseff na urna em Porto Alegre (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersDilma exibe comprovante de votação (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersTarso Genro, candidato do governo do Rio Grande do Sul pelo PT, acompanhou Dilma Rousseff na votação (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersDilma, na companhia do neto Gabriel, pega voo para Brasília depois de votar em Porto Alegre (5/10). Foto: Paulo Whitaker/ReutersAécio Neves, presidenciável pelo PSDB, acompanha Antonio Anastasia e Pimenta da Veiga, candidatos ao senado e ao governo de Minas o mesmo partido (5/10). Foto: Leo Lara/Coligação Todos por MinasAécio Neves, candidato à Presidência pelo PSDB, vota ao lado da mulher Letícia em Belo Horizonte (5/10). Foto: Washington Alves/ReutersAécio Neves, candidato à Presidência pelo PSDB, em votação em Belo Horizonte (5/10). Foto: Agência BrasilDepois de votar, Aécio Neves posa para fotos no Colégio Estadual Central, em Belo Horizonte (5/10). Foto: Alberto Wu/Futura PressMarina Silva posta foto em sua página no Facebook a caminho da votação em Rio Branco, no Acre (5/10). Foto: Facebook/Marina SilvaMarina Silva, candidata à Presidência pelo PSB, posa para fotos depois de votar em Rio Branco, no Acre (5/10). Foto: Sergio Moraes/ReutersMarina Silva dá beijo no pai, Pedro Augusto Silva, em seu colégio eleitoral em Rio Branco (5/10). Foto: Sergio Moraes/ReutersMarina Silva está acompanhada pelo pai e pelo marido Fabio Vaz na votação (5/10). Foto: Sergio Moraes/ReutersMarina Silva e seu já tradicional coraçãozinho depois de votação na sede do Incra, em Rio Branco, no Acre (5/10). Foto: Andre Penner/APNo dia da eleição, presidente e candidata à reeleição pelo PT Dilma Rousseff toma café da manhã com políticos em Porto Alegre (5/10). Foto: Fernando Teixeira/Futura PressEduardo Jorge vai de bicicleta até o seu colégio eleitoral. Ele concorre à Presidência pelo PV (5/10). Foto: Reprodução/TwitterLuciana Genro, candidata à Presidência pelo PSOL, vota na Escola Estadual Apeles, no bairro Santana, em Porto Alegre (5/10). Foto: Jovanir Medeiros/Futura PressLula chega ao seu colégio eleitoral para votação em São Bernardo do Campo, na Grande ABC, ao lado de Padilha, petista candidato ao governo do estado (5/10). Foto: Ana Flavia Oliveira/iGEx-presidente Lula faz sinal de positivo depois de votar em São Bernardo do Campo (5/10). Foto: Nelson Antoine/APFernando Pimentel, candidato ao governo de Minas Gerais pelo PT, faz tradicional V da vitória depois de votar nesta manhã (5/10). Foto: Facebook/Fernando PimentelPaulo Câmara, candidato do governo de Pernambuco pelo PSB, vota na companhia de família de Eduardo Campos (João, filho de Campos é visto ao fundo) (5/10). Foto: Agência BrasilAcompanhado pela mulher, familiares e partidários, Geraldo Alckmin chega para votar no colégio Santo Américo, em São Paulo (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGJosé Serra, candidato do Senado pelo PSDB, vota em São Paulo (5/10). Foto: Carolina Garcia / iG Serra, candidato do senado pelo PSDB em São Paulo, com a neta Gabriela em seu local de votação (5/10). Foto: Carolina Garcia / iG Serra recebe o carinho de eleitora depois de votar na manhã deste domingo (5/10). Foto: Carolina Garcia / iG Alckmin e Serra posam para fotos depois de votação em São Paulo (5/10). Foto: Vanderlei Preite Sobrinho/iGFamília de Skaf reunida na votação do candidato do governo de São Paulo pelo PMDB (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGSkaf oferece pipoca para garoto que declarou apoio ao candidato do PMDB e arrancou risos ao dizer que votaria nele (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGAo lado da família, Skaf segue para a escola Britânica, no Jardim Paulistano, seu local de votação (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGSkaf, candidato ao governo de São Paulo pelo PMDB, também tem a companhia do neto no dia de votação (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGAlexandre Padilha, candidato do PT ao governo de São Paulo, vota no colégio Caetano de Campos, na praça Roosevelt, na capital paulista (5/10). Foto: Alex Falcão/Futura PressPadilha, que concorre ao governo de São Paulo pelo PT, faz pose para fotos depois da votação (5/10). Foto: Ana Flavia Oliveira/iGDepois de votar, Padilha faz uma pequena caminhada ao lado da esposa e de Suplicy, candidato ao Senado pelo PT (5/10). Foto: Ana Flavia Oliveira/iGPadilha, candidato ao governo de São Paulo pelo PT, se reúne com cúpula do partido para café da manhã no Hotel Braston antes da votação (5/10). Foto: Bruno Winckler/iGLuiz Fernando Pezão, governador e candidato à reeleição pelo PMDB no Rio de Janeiro, vota no bairro de Ribeirão das Lajes, em Piraí, no Sul Fluminense (5/10). Foto: Lucas Figueiredo/Pezao 15Lindberg Farias, candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo PT, vota ao lado da família (5/10). Foto: Tasso Marcelo/Fotos PúblicasGarotinho, candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo PR, vota na cidade de Campos por volta das 10h (5/10). Foto: Inácio Teixeira/ CoperphotoMarcelo Crviella, que concorre ao governo do Rio de Janeiro pelo PRB, vota no Clube Marimbás, junto ao Forte de Copacabana (5/10). Foto: Murilo Rezende/Futura PressPrefeito do Rio de Janeiro conversa com mesário antes de votar na capital fluminense (5/10). Foto: Thiago Mattos/AgNewsEduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, faz pose depois de votar (5/10). Foto: Thiago Mattos/AgNewsRomário, candidato ao senado no Rio de Janeiro pelo PSB, vota no Colégio Joseph Bloch, em Parada de Lucas (5/10). Foto: Jadson Marques/Futura PressSuplicy, candidato ao senado em São Paulo, em sua seção eleitoral no Jardim Paulistano, na capital paulista (5/10). Foto: Bruno Winckler/iGKassab, candidato do Senado em São Paulo pelo PSD, vota na capital paulista (5/10). Foto: André Lucas Almeida/Futura PressPaulo Skaf, candidato ao governo de SP pelo PMDB, e Michel Temmer, vice presidente, acompanham Kassab, que concorre ao Senado, em seu local de votação (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGVice-presidente Michel Temmer vota em São Paulo (5/10). Foto: Vitor Sorano/iGCandidato do PMDB ao governo de Goiás,  Iris Rezende vota às 10h10 deste domingo no Colégio Marista, no Setor Marista, em Goiânia (5/10). Foto: Leandro Vieira/Coligação Amor Por GoiásGleisi  Hoffmann, candidata do governo do Paraná pelo PT, vota em Curitiba na manhã deste domingo (5/10). Foto: Wilson Pedrosa/Fotos PúblicasCesar Maia, candidato ao senado no Rio de Janeiro, em seu local de votação (5/10). Foto: Carlos Monteiro/Futura PressPaulo Souto, candidato a governador da Bahia pelo DEM, esquece documento na hora da votação. Ele buscou o documento e votou meia hora depois (5/10). Foto: Romildo de Jesus/iG Bahia


Leia tudo sobre: EleiçõesEleições 2014Eleições 2014 RJvotoeleitor

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas