Segundo levantamento do Ibope, ainda há chance de segundo turno; Padilha surpreende e empata com Skaf no 2º lugar

Pesquisa boca de urna divulgada neste domingo (5) mostra que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) deve se reeleger em primeiro turno para o governo de São Paulo, com 52% dos votos válidos. No entanto, como os números estão no limite da margem de erro, que é de dois pontos percentuais,  ainda há chance da eleição ir para o segundo turno. 

A grande surpresa do levantamento foi o crescimento de Alexandre Padilha (PT) na reta final, que agora está com 20% dos votos válidos na pesquisa, empatando com Paulo Skaf (PMDB), que tem  22%. 

Acompanhe a apuração em tempo real

Pesquisa Ibope: Alckmin tem 57%, Skaf, 24%, e Padilha, 14%

Alckmin e Pimentel devem definir as eleições ainda no primeiro turno

Essa é a primeira vez que o candidato do PT aparece na casa dos 20 pontos percentuais. Durante toda a campanha, Skaf foi o principal rival de Geraldo Alckmin. Padilha se manteve atrás, chegando aos 10% nas pesquisas somente nas últimos dias da corrida eleitoral. 

Caso a eleição em São Paulo vá para o segundo turno, o cenário será diferente do planejado pelo PSDB e por Alckmin. O partido sempre contou com uma vitória tranquila ainda no primeiro turno, com uma larga margem de votos.  

Números:

Geraldo Alckmin (PSDB) - 52%
Skaf (PMDB) - 22%
Padilha (PT) - 20%
Gilberto Natalini (PV) - 2%
Maringoni (PSOL) - 2%
Laércio Benko (PHS) - 1%
Wagner Farias (PCB) - 1%
Outros - 0%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. O levantamento entrevistou 7.300 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais e nível de confiança da pesquisa é de 95%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.