Vice-presidente do candidato do PSDB aposta em força do eleitorado de São Paulo para vitória no segundo turno

Candidato a vice-presidência pelo PSDB, Aloysio Nunes não escondeu a satisfação e otimismo após a confirmação de Aécio Neves no segundo turno da corrida presidencial contra a atual presidente Dilma Rousseff (PT). O advogado, em São Paulo, disse que já esperava o crescimento do candidato.

Leia também:  Dilma Rousseff enfrentará Aécio Neves no segundo turno das eleições

"A minha aposta é de que chegaríamos a 30%", revelou ele. Aécio ultrapassou a candidata Marina Silva, que estava em decadência nas últimas pesquisas, e conseguiu garantir novo embate com a petista ao garantir 33,70% dos votos.

Poder online:  Desempenho de Aécio superou de longe previsão petista

Segundo Nunes, o partido possuía pesquisas internas que apontavam a alta de Aécio Neves. Em seu discurso, ele agradeceu à militância do PSDB pela coesão da campanha e repetiu uma frase bastante dita pelo presidenciável durante a campanha. "Ele sempre dizia assim: 'Me deem a vitória em São paulo, que lhes dou a vitória no Brasil", declarou.

Papo na redação:  O PT recolocou o PSDB na luta'

A referência de Aloysio Nunes é porque Aécio, no Estado de São Paulo, recebeu quase o dobro de votos de Dilma Rousseff, com 10.101 milhões contra 5.888 milhões da petista. "Nós vamos ganhar em São Paulo com quatro milhões de diferença", projeta ele na disputa do segundo turno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.