Ex-prefeito da capital paulista é o candidato ao Senado pela chapa de Skaf (PMDB). Kassab se diz confiante, mas afirma que vai aplaudir o resultado das urnas, seja ele qual for

Paulo Skaf, candidato ao governo de SP pelo PMDB, e Michel Temer, vice-presidente da República, acompanham Kassab, que concorre ao Senado, em seu local de votação (5/10)
Vitor Sorano/iG
Paulo Skaf, candidato ao governo de SP pelo PMDB, e Michel Temer, vice-presidente da República, acompanham Kassab, que concorre ao Senado, em seu local de votação (5/10)

Candidato ao Senado pelo PSD, o ex-prefeiro de São Paulo  Gilberto Kassab votou na manhã deste domingo, no Colégio Santa Cruz, na zona oeste da capital paulista, acompanhado de Paulo Skaf , candidato a governador de SP, e Michel Temer , vice-presidente da República, ambos do PMDB.

Kassab afirmou que está confiante, embora reconheça que disputa com dois fortes candidatos (José Serra, do PSDB, e Eduardo Suplicy, do PT): "Apesar de disputar o Senado com dois fortes adversários, estou confiante. O Brasil precisa mudar e eu sou o candidato da renovação".

Kassab faz brincadeira com Skaf durante votação. Assista ao vídeo:

Sobre como é disputar as eleições com Serra, que o lançou à Prefeitura de São Paulo em 2006, Kassab diz admirar o candidato do PSDB e que ficará feliz com qualquer que seja o resultado nas urnas.

"O Serra é um candidato que respeito, leal e que fez uma campanha muito transparente. Assim como o Suplicy. Vou aplaudir o resultado, qualquer que seja ele", ponderou. Kassab assumiu a Prefeitura de SP em 2006 após Serra deixar o cargo para se candidatar ao Governo do Estado, e foi eleito em 2008.

Segundo dados do Datafolha de sábado, Serra tem 50% das intenções de voto, Suplicy, PT, 37% e Kassab, 9%. O candidato do PSDB passará o domingo ao lado de Skaf.

Candidatos votam neste domingo. Veja fotos na galeria abaixo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.