Candidatos exaltam protestos de junho, mas propostas seguem nebulosas

Por Anderson Passos - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

"As ruas claramente demonstraram uma crise de representatividade", afirma cientista político

Passado mais de um ano dos protestos de junho de 2013, a reta final do primeiro turno das eleições mostra que, entre os principais postulantes à Presidência - Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) - há poucos ecos das ruas em suas propostas de governo.

Montagem/iG
Presidenciáveis não apresentaram propostas factíveis sobre demandas de junho

Única do grupo a registrar um programa de governo junto à Justiça Eleitoral, Marina apoia-se nos conceitos de sustentabilidade – não apenas ambiental – para recuperar a credibilidade do País a partir da refundação do Estado brasileiro.

Tema relevante de junho de 2013, a reforma política proposta por Marina Silva visa, primeiramente, unificar o calendário geral das eleições, com o fim da reeleição e a adoção do mandato de cinco anos. A seguir, a coligação propõe novos critérios para as eleições de cargos proporcionais.

Veja imagens dos presidenciáveis durante a campanha:

Dilma Rousseff faz carreata em São Paulo ao lado de Lula, Suplicy, Fernando Haddad e Alexandre Padilha (3/10). Foto: Ricardo Stuckert/PROs sete presidenciáveis posam antes de debate no complexo de estúdios da Globo no Rio, o Projac (2/10). Foto: APMarina Silva assiste à apresentação de dança na comunidade de Paraisópolis, em são Paulo (1/10). Foto: Vagner Campos / MSILVA OnlineAécio Neves faz caminhada em Mogi das Cruzes, em São Paulo (1/10). Foto: Marcos Fernandes/ Coligação Muda BrasilMultidão se reúne para caminhada de Aécio Neves e outros candidatos do PSDB em Juiz de Fora, em Minas Gerais (1/10). Foto: Nereu JR/Coligação Todos Por MinasFilho de Eduardo Campos participa de comício de Marina Silva em Recife (29/9). Foto: Vagner Campos / MSILVADebate entre candidatos à Presidência na Record (28/9). Foto: Ichiro Guerra/Dilma 13Dilma Rousseff (PT) faz campanha no bairro paulista do Campo Limpo com Alexandre Padilha, candidato petista ao governo de SP, e com o ex-presidente Lula (29/09). Foto: Divulgação/PTRonaldo ataca mais uma vez de cabo eleitoral de Aécio Neves em caminhada em Osasco ao lado de Geraldo Alckmin, candidato à reeleição ao governo de SP (27/9). Foto: Marcos Fernandes/Coligação Muda BrasilAlexandre Frota também participa de campanha de Aécio Neves em Osasco, na Grande São Paulo (27/9). Foto: Marcos Fernandes/Coligação Muda BrasilAo lado de Agnelo Queiroz, Dilma anda de BRT Expresso em Brasília e conversa com eleitores (27/9). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Ao lado do governador do Paraná e candidato à reeleição no Paraná, Beto Richa, Aécio Neves faz campanha em São José dos Pinhais (26/9). Foto: Igo Estrela/Coligação Muda BrasilMarina Silva acompanha apresentação de capoeira na a CUFA (Central Única de Favelas), no Rio (25/9). Foto: Vagner Campos/MSilva onlineAécio Neves vira gaúcho em dia de campanha Caxias do Sul ao lada senadora Ana Amélia, candidata ao governo do Rio Grande do Sul pelo PP (25/9). Foto: Marcos Fernandes/ Coligação Muda BrasilMarina Silva faz selfie depois de agenda de campanha em Porto Alegre (24/9). Foto: Vagner Campos / MSILVA OnlineDilma Rousseff,  candidata à reeleição  pelo PT, durante dia de campanha em Ribeirão das Neves, em Minas Gerais (22/9). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Ao lado de Giovane, do vôlei, e outros candidatos, Aécio faz carreata em Betim (MG) (22/9). Foto: Marcos Fernandes/Coligação Muda BrasilAécio veste chapéu e ganha imagem de Padre Cícero durante visita a Feira de São Cristóvão, que reúne tradições nordestinas, no Rio de Janeiro (21/9). Foto: Orlando Brito/Coligação Muda BrasilDilma Rousseff faz campanha em São Paulo ao lado dos petistas Alexandre Padilha, candidato ao governo, e Eduardo Suplicy, candidato ao Senado (20/9). Foto: Paulo Pinto/AnaliticaAo lado de Paulo Souto, candidato ao governo na Bahia pelo PSDB, Aécio Neves faz corpo a corpo com eleitores em Itabuna (18/9). Foto: Valter Pontes/CoperphotoAtor Marcos Palmeira e cantor Gilberto Gil ao lado de Marina Silva em encontro com artistas na escola de cinema Darcy Ribeiro, no Rio (17/9). Foto: Vagner Campos/MSilva onlineAtor Marcos Nanini também demonstra apoio à Marina Silva em evento com artistas no Rio de Janeiro (17/9). Foto: Vagner Campos / MSILVAOtávio Muller é mais um ator da Globo no encontro da candidata do PSB com artistas na escola de cinema Darcy Ribeiro, no Rio (17/9). Foto: Vagner Campos/MSilva onlineDilma posa para fotos durante campanha em Campinas, em São Paulo (17/9). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Aécio Neves, Marina Silva e Dilma Rousseff participam de debate na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, na cidade paulista de Aparecida (16/09). Foto: DIVULGAção/PSBEncontro de artistas com Dilma Rousseff no Rio de Janeiro (15/9). Foto: Tasso Marcelo/Fotos PúblicasMarina Silva fala com representantes do setor cultural e recebe apoio do cantor Gilberto Gil (15/9). Foto: Vagner Campos/MSilva onlineDinho Ouro Preto, vocalista da banca de rock Capital Inicial, faz selfie com Marina Silva em evento em São Paulo (15/9). Foto: Vagner Campos/MSilva onlineDilma vai ao lançamento do Livro “Um país chamado favela”, no Rio de Janeiro, e arrisca passos de funk com membros da comunidade (15/9). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Ao lado de Ronaldo, Aécio Neves dança no lançamento do livro 'Um país chamado favela', em Madureira, no Rio de Janeiro (14/9). Foto: Igo Estrela/Coligação Muda BrasilMarina recebe carinho de seu vice Beto Albuquerque durante discurso em Ceilândia, no Distrito Federal (14/9). Foto: Vagner Campos/MSilva onlineMarina Silva faz discurso em João Pessoa, na Paraíba (14/9). Foto: Leo Cabral / PSBDilma tem encontro com juventude em Belo Horizonte, Minas Gerais (13/9). Foto: Ichiro Guerra/ Dilma 13Dilma Rousseff sai em carreata em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, ao lado de Lindgerb Farias, candidato ao governo do estado pelo PT (12/9). Foto: Tasso Marcelo/Fotos PúblicasDilma é entrevistada pela RedeTV/iG no Palácio da Alvorada, em Brasília (11/09). Foto: Ichiro Guerra/Dilma 13Cartazes para Dilma Rousseff são exibidos durante comício em Belém, no Pará (10/9). Foto: Ricardo Stuckert/Instituto LulaLula participa de comício de Dilma Rousseff em Belém, no Pará (10/9). Foto: Ricardo Stuckert/Instituto LulaAécio Neves, presidenciável pelo PSDB, participa de um encontro com a juventude em Belo Horizonte (MG) (11/9). Foto: Marcos Fernandes/Coligação Muda BrasilAécio faz carreata ao lado do candidato a governador, Pimenta da Veiga, e do candidato ao Senado, Antônio Anastasia, em Montes Claros (MG) (11/9). Foto: Orlando Brito/Coligação Muda BrasilMarina Silva, candidata do PSB à Presidência, visita o Projeto Casa de Isabel, zona leste de São Paulo (11/09). Foto: Leo Cabral/ MSILVA OnlineMarina Silva chega para campanha nas ruas de Betim, em Minas Gerais (9/9). Foto: Leo Cabral/ MSILVA OnlineDilma posa para foto com estudantes durante cerimônia de lançamento da 2ª etapa do CsF. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR Dilma Rousseff fala com jornalistas nesta quarta-feira (10), em Brasília . Foto: Divulgação/PTMarina Silva sorri durante compromisso de campanha em Belo Horizonte (9/9). Foto: Leo Cabral/ MSILVA OnlineCandidata participa do lançamento da casa de Beto e Marina m Guarulhos (SP), um dos comitês de campanha (5/9). Foto: DivulgaçãoMarina Silva faz campanha em Vitória da Conquista, na Bahia (7/9). Foto: DivulgaçãoAo lado do candidato à releição pelo RS, Tarso Genro (PT), Dilma Rousseff Dilma Rousseff visita à 37ª EXPOINTER (05/09). Foto: Divulgação/PTOs candidatos à Presidência da República, durante o debate realizado pelo SBT (01/09). Foto: Alice Vergueiro / Futura PressAécio Neves joga futebol no evento "Futebol entre Amigos" promovido pelo ex-jogador Zico, no Rio de Janeiro (31/8). Foto: Orlando Brito/Coligação Muda BrasilAécio toma café da manhã com operários em São Paulo (28/8). Foto: Marcus Fernandes/Coligação Muda BrasilAo lado de Alckmin, Aécio Neves visita à Estação Vila Prudente, da Linha 15 Prata do monotrilho, em São Paulo (29/8). Foto: Ana Flavia Oliveira/iGDebate da TV Band é o primeiro encontro entre os concorrentes à Presidência da República (26/8). Foto: Marcos Bezerra/Futura PressMarina posa para fotos ao lado de eleitores no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo (25/8). Foto: DIVULGAção/PSBAécio visita o abrigo Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e dança com uma das moradoras do local (24/8). Foto: Igo Estrela/ObritoNewsAécio e ACM Neto, prefeito de Salvador, fazem parada em igreja durante campanha na capital da Bahia (23/8). Foto: Igo Estrela/PSDBDilma Rousseff, candidata à releição pelo PT, faz viagem de trem em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul (22/08). Foto: Divulgação/PTCandidata à reeleição pelo PT, Dilma Rousseff visita vistoria obras da transposição do Rio São Francisco com ex-presidente Lula (21/08). Foto: Divulgação/PTDilma Rousseff aparece cozinhando na primeira semana de horário eleitoral (19/8). Foto: ReproduçãoBeto Albuquerque, Roberto Amaral, Marina Silva e  Rodrigo Rollemberg no lançamento oficial da nova chapa presidencial do PSB,em Brasília (20/08). Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaAécio Neves (PSDB) visita Unidade da Polícia Pacificadora (UPP) da Comunidade de Santa Marta,no Rio de Janeiro (18/08). Foto: Divulgação/PSDBDilma Rousseff cumprimenta Marina Silva, que era candidata à vice na chapa de Eduardo Campos (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersComitiva do PT em carreata por Osasco. Na foto aparecem Dilma, Padilha, Marta e Eduardo Suplicy (9/8). Foto: Paulo Pinto/AnaliticaDilma almoça na Usina de Belo Monte (5/8). Foto: Ichiro Guerra/Fotos PúblicasA presidente Dilma Rousseff e o governador paulista Geraldo Alckmin participaram da inauguração do Templo de Salomão nesta quinta (31), em SP . Foto: Divulgação/Igreja Universal Dilma cumprimenta baiana em convenção do PT em Salvador (27/6). Foto: Heinrich Aikawa/Instituto LulaAécio Neves e a mulher, Leticia Weber, deixam hospital com o pequeno Bernardo no colo, no Rio de Janeiro (10/8). Foto: Reprodução/InstagramAécio Neves, presidenciável do PSDB, joga sinuca com eleitores na cidade de Botucatu, em São Paulo (08/07). Foto: Divulgação/PSDBAécio Neves dança com Ana Amélia, candidata do PP ao ao governo do Rio Grande do Sul em encontro em Porto Alegre (2/8). Foto: Igo Estrela/ObritoNewsCandidato faz uma oração no Memorial Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, no Ceará (20/7). Foto: Igo Estrela/PSDBPastor Everaldo, candidato do PSC à Presidência (22/7). Foto: Divulgação/PSCPastor Everaldo participa de caminhada em Osasco e dá entrevistas para jornal local (23/7). Foto: Facebook/Pastor EveraldoCandidato do PSC à Presidência participa da Missão Carismática Brasileira (21/7). Foto: Facebook/Pastor EveraldoCandidata à presidente Luciana Genro (PSOL) grava programa eleitoral em Porto Alegre (22/7). Foto: Divulgação/PSOLLuciana Genro caminha por Santo André, região do Grande ABC de São Paulo (19/7). Foto: Facebook/Luciana GenroZé Maria, representante do PSTU na disputada pela Presidência, em agenda de campanha em Curitiba (22/7). Foto: Divulgação/PSTUEduardo Jorge, representante do PV, registra candidatura à Presidência no TSE (3/7). Foto: Divulgação/PVEymael é o candidato à Presidência da República pelo PSDC (29/6). Foto: PSDC Levy Fidelix, candidato à Presidência pelo PRTB, deve começar campanhas nas ruas em agosto. Foto: Facebook/Levy FidelixEduardo Campos era candidato e morreu em acidente aéreo em Santos no dia 13. Ele comemorou aniversário durante campanha em Alagoas (8/8). Foto: PSB

Outra proposta permite que candidaturas avulsas disputem as eleições proporcionais, com pré-requisitos a serem regulamentados.

A campanha de Marina também propõe novos critérios na distribuição do horário eleitoral gratuito, mas não explica como se daria essa mudança.

No caso de Dilma Rousseff, um dos focos principais da reforma política é a chamada de um plebiscito sobre o tema. Recente coleta de assinaturas encabeçada por centrais sindicais reuniu sete milhões de assinaturas em favor da iniciativa.

Já Aécio Neves tornou-se um defensor do voto distrital misto, proposta encampada pelo hoje candidato ao Senado por São Paulo, o ex-governador paulista José Serra. Promete apresentar, se eleito, um modelo de reforma política na primeira semana de governo.

Um dos pontos já definidos é o fim da reeleição, mandato de cinco anos para o Executivo e o Legislativo e cláusula de barreira contra legendas de aluguel.

Mobilidade

Pegando carona na pauta do Movimento do Passe Livre, Marina Silva tem como proposta a implantação gradual do benefício. A prioridade inicial é acolher os alunos de baixa renda não atendidos pelo transporte escolar gratuito e matriculados em escolas públicas de Educação Básica ou em cursos superiores via Prouni ou Fies. “A gratuidade será provida com programa de apoio financeiro a estados e municípios”, explica a campanha de Marina Silva.

Aécio Neves promete instituir o que chama de Política Nacional de Mobilidade Urbana criando centros integrados de logística nos Estados e Municípios.

Enquanto isso, Dilma promete a manutenção de investimentos em mobilidade urbana a partir do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Análise

Para o cientista político Carlos Melo, do Insper, nenhum dos três principais candidatos à Presidência da República trouxe para suas propostas de governo, de maneira clara, quais demandas de junho de 2013 serão efetivamente levadas a cabo em um futuro governo.

“Primeiro porque só a Marina Silva apresentou proposta. E, ainda assim, algo muito genérico sobre reforma política, por exemplo. As ruas claramente demonstraram uma crise de representatividade e Marina reconheceu isso, mas não explica como vai fazer a reforma política”, aponta.

Melo lembra também que, no capítulo do combate à corrupção, outra exigência colocada nos protestos do ano passado, o governo Dilma Rousseff tentou se exaltar dizendo que o Ministério Público e a Polícia Federal hoje têm plenas condições de investigar, o que não acontecia no passado, em especial em governos do PSDB. “Vale dizer que nem Ministério Público nem Polícia Federal são aparelhos de partido e sim aparelhos de Estado”, enfatizou.

Voltando a Marina Silva, Carlos Melo afirma que a socialista se aproxima “palidamente” da demanda por eficiência de serviços públicos apresentada nas grandes manifestações de junho, mais uma vez cometendo o pecado de não explicar como implementará suas propostas.

Para o cientista do Insper, a crise de representatividade tende a se manter mesmo após as eleições de outubro porque as manifestações de junho foram encampadas por uma parte da sociedade brasileira e não por um todo. “As manifestações de junho não são obra da sociedade brasileira e sim de uma parte dela apenas”, minimiza. “Basta ver como a disputa se dá em alguns governos estaduais como no Rio de Janeiro, com [Fernando] Pezão (PMDB) e [Anthony] Garotinho (PR)”.

O programa Desafio, da TViG, reuniu o deputado federal Candido Vaccarezza e o voluntário do GAPP (Grupo de Apoio ao Protesto Popular) Alexandre Morgado, que debateram as influências das manifestações de junho. Veja:




Leia tudo sobre: Eleições 2014Carlos MeloInsperPresidenciáveisAécio NevesPSDBPTPSBMarina SilvaDilma Rousseff

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas