Constrangido, deputado devolve R$ 200 mil doados por Friboi

Por Marcel Frota - iG Brasília | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ricardo Izar, que atua em defesa dos animais, virou alvo de críticas por repasse feito por PSD e resolveu não ficar com dinheiro

O presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Ricardo Izar (PSD), resolveu devolver R$ 200 mil que foram repassados para seu comitê por meio do diretório estadual do PSD. Izar, que tem como principal bandeira de atuação a defesa dos animais, virou alvo de críticas de ativistas por causa da doação. Isso porque, o dinheiro tem como origem a gigante de alimentos JBS, que controla a Friboi.

Divulgação
Ricardo Izar devolve doação da Friboi depois de polêmica com eleitores

Izar encaminhou um ofício para o diretório paulista do partido explicando a devolução do dinheiro. “Ao tempo em que agradeço a doação repassada por esse Diretório Estadual do PSD para minha campanha à reeleição de deputado federal, no valor de R$ 200 mil, impõe-me declinar do respectivo crédito”, diz o documento encaminhado pelo parlamentar.

“A legislação eleitoral determina a indicação da origem dos valores que, neste caso, foi destinado pelo Grupo JBS S/S ao partido. Por motivos de convicção política, portanto, entendo ser incompatível a contabilização desse crédito à minha campanha e a utilização de tais recursos para o financiamento das despesas relacionadas às causas públicas por mim defendidas”, declara Izar no documento.

O deputado do PSD paulista fez a devolução do dinheiro na manhã desta segunda-feira (29), em São Paulo. Ele alegou que não sabia que o repasse tinha como origem a Friboi e que não teria aceitado o dinheiro se soubesse. Izar é o presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Animais.

Leia tudo sobre: Eleições 2014Friboidoação eleitoralRicardo IzarPSDSP

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas