Ex-senador Luiz Estevão é preso em Brasília

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Estevão responde na Justiça por fraude em licitações e superfaturamento na construção do TRT de SP, nos anos 1990

Agência Brasil

O ex-senador Luiz Estevão foi preso neste sábado (27) em Brasília e levado para São Paulo. Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Federal (PF), ele foi detido em sua casa e transportado para a capital paulista, onde chegou por volta de 11h30, em aeronave da PF.

Agência Senado/Divulgação
O ex-senador foi condenado em 2001

A Polícia Federal cumpriu mandado expedido pela Justiça Federal de São Paulo. O ex-senador está detido na Superintendência da PF no estado.

Na sexta-feira (26), o ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, determinou execução imediata da pena de três anos e seis meses de prisão no processo em que Estevão foi condenado em 2001. O ex-senador foi condenado por uso de documento falso para tentar liberar bens bloqueados. De acordo com a decisão de Toffoli, caberá a Justiça Federal, que definiu a pena, determinar a prisão em regime aberto, por ser inferior a quatro anos.

Leia mais:
Toffoli manda Luiz Estevão cumprir pena no semi-aberto
Luiz Estevão terá de pagar R$ 468 milhões por desvio de recursos do TRT-SP
Luiz Estevão é denunciado por usar time de futebol para lavar dinheiro
Devolver R$ 55 milhões não é 'inconveniente', diz Luiz Estevão

A principal ação que Luiz Estevão responde na Justiça é a fraude em licitações e superfaturamento na construção do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, na década de 1990. A condenação de Luiz Estevão foi estabelecida pela Justiça em 2006 e soma 31 anos de prisão e pagamento de multa, mas o ex-senador recorre desde então.

Leia tudo sobre: luiz estevão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas