'Ataques de adversários demostram desespero', diz líder de campanha tucana

Por Ana Flávia Oliveira e Anderson Passos - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Júlio Semeghini afirmou que Alckmin estava 'muito seguro' em debate. Liderança do PT também elogiou Padilha pelo embate

Líderes dos partidos PSDB e PT de São Paulo estão satisfeitos com o desempenho dos seus respectivos candidatos ao governo em debate realizado nesta sexta-feira (26) nos estúdios da TV Record. Um dos coordenadores da campanha tucana, o deputado Júlio Semeghini, destacou que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) estava muito seguro. "Os ataques dos adversários demostram desespero", classificou. 

Leia mais: Em debate, Alckmin apelida Skaf como ‘candidato das taxas’

Padilha comemora direito de resposta em programa eleitoral de Alckmin

Para Semeghini, que atua como secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional na atual gestão, os ataques dos rivais vão aumentar nesta reta final das eleições, mas "a campanha tucana está preparada para resolver propositivamente".

O presidente estadual do PT/SP, Emídio de Souza, também não economizou elogios ao canditado Alexandre Padilha, que atualmente é o terceiro das pesquisas de intenções de voto. "Padilha está fazendo um bom embate com Alckmin", defendeu nos bastidores do debate. Emídio esperava que as perguntas dos jornalistas dariam mais oportunidades ao petista, que foi atacado pelo candidato tucano no bloco anterior. 

Veja imagens do debate da TV Record:

Candidatos ao governo de São Paulo enfrentaram debate na TV Record nesta sexta-feira (26). Foto: Paulo Pinto / AnalíticaAtual governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição, durante debate na TV Record nesta sexta. Foto: Reprodução/TVSegundo nas pesquisas, Paulo Skaf (PMDB) usou suas respostas para se defender de acusações dos rivais. Foto: Reprodução/TVPetista Alexandre Padilha, que ocupa o terceiro lugar nas pesquisas, usou o seu tempo para atacar o rival tucano. Foto: Reprodução/TVGilberto Natalini (PV) estava entre os candidatos ao governo de São Paulo que participaram de debate na TV Record. Foto: Reprodução/TVCandidato Laércio Benko (PHS) participou de debate na TV Record nesta sexta. Foto: Reprodução/TVWalter Ciglioni (PRTB) foi criticado por jornalista da Record por não saber o nome do candidato a vice-presidente do seu partido. Foto: Reprodução/TVNo bloco 'candidato pergunta para candidato', Skaf direcionou um questionamento ao rival Gilberto Maringoni, do PSOL. Foto: Reprodução/TVEm outro momento, Maringoni (PSOL) direcionou pergunta ao candidato Gilberto Natalini, representante do PV. Foto: Reprodução/TVCiglioni (PRTB) escolheu fazer uma pergunta ao candidato Alexandre Padilha (PT), que aproveitou o tempo de resposta para criticar Alckmin. Foto: Reprodução/TVBenko (PHS) realizou uma pergunta ao petista Padilha sobre as promessas de campanha do PT. Foto: Reprodução/TVCiglioni (PRTB) questionou Skaf (PMDB) sobre supostas cobranças do SESI e foi classificado pelo peemedebista de 'mal informado'. Foto: Reprodução/TVPadilha ao lado de Eduardo Suplicy, candidato ao Senado, antes do debate da Record nesta sexta (26). Foto: iG São PauloPaulo Skaf (PMDB) nos bastidores do debate entre os candidatos ao governo de São Paulo, promovido pela TV Record . Foto: Divulgação/PMDB


Leia tudo sobre: eleições 2014eleições 2014 sp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas