Ibope: No Distrito Federal, Rollemberg tem 31%, Frejat, 21%, e Agnelo, 19%

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Nos cenários de segundo turno para o governo, Rollemberg segue na liderança e venceria tanto Frejat quanto Agnelo

Divulgação
Rodrigo Rollemberg concorre ao governo do Distrito Federal pelo PSB

O Ibope divulgou mais uma pesquisa de intenção de voto para o governo do Distrito Federal na quarta-feira (24). Rodrigo Rollemberg, candidato do PSB, segue na liderança, com 31%. Em segundo lugar aparece Jofran Frejat, que ficou com a vaga de José Roberto Arruda no PR depois que o ex-governador desistiu da disputa, com 21%. Logo depois vem Agnelo Queiroz, com 19%. 

Relembre: Na 1ª pesquisa sem Arruda no DF, Rollemberg é líder, mostra Ibope

Essa é a segunda pesquisa depois que Arruda saiu da disputa. No levantamento anterior, de 18 de setembro, Rollemberg já liderava, com 28%. Agora, cresceu três pontos percentuais. Já Frejat e Agnelo estava empatados em 21%. Nessa semana, Frejat tem uma pequena vantagem, mas segue o empate técnico, já que a margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos. 

Veja todos os números:

- Rodrigo Rollemberg (PSB): 31%
- Jofran Frejat (PR): 21%
- Agnelo Queiroz (PT): 19%
- Luiz Pitiman (PSDB): 3%
- Toninho do PSOL (PSOL): 3%
- Perci Marrara (PCO): 0%
- Branco/nulo: 9%
- Não sabe/não respondeu: 14%

O Ibope também simulou cenários de segundo turno. Rollemberg venceria uma disputa contra Frejat por 47% a 25%. Brancos e nulos seriam 13% e indecisos seriam 16%. 

O candidato do PSB também venceria Agnelo Queiroz e a vantagem seria maior, com 52% diante de 20% do petista. Brancos e nulos seriam 13% e indecisos seriam 15%. 

Em um terceiro cenário, com a disputa entre Frejat e Agnelo, melhor para o candidato do PR, que ficaram com 47% contra 27% do rival. Brancos e nulos seriam 15% e indecisos seriam 16%. 

O levantamento foi encomendado pela TV Globo. Foram ouvidos 1.610 eleitores em todo o Distrito Federal entre os dias 21 e 23 de setembro. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número DF-00057/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-0767/2014.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas