Candidata do PSB comparou a petista a mangangá, zangão gordo e de ferroada potente

As presidenciáveis Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) voltaram a trocar farpas, dessa vez pelas redes sociais.

Num vídeo veiculado em sua conta numa rede social, a neosocialista discursou sobre a desigualdade de condições no embate político no horário eleitoral gratuito.

Veja o vídeo em que Marina alfineta a presidente :


Veja a gravura que ilustra o post do PT: 

Imagem ilustra confronto entre mangangá e carapanã 22 09 2014
Divulgação PT Nacional
Imagem ilustra confronto entre mangangá e carapanã 22 09 2014

Lembrando que detém pouco mais de dois minutos contra 11 minutos da petista, Marina Silva se comparou a um carapanã, um frágil mosquito, enquanto que a petista seria um mangangá, um zangão "desse tamanho".





Leia mais: Dilma promete economia na ofensiva em segundo mandato

Equipe de Marina questiona reportagem do iG sobre trabalho escravo

À esquerda de Marina, Erundina reduz participação e exposição na campanha

"Vocês já sabem que é o carapanã. Sou eu", disse Marina conformada, para disparar a seguir. "Quem é o mangangá?", perguntou à plateia. "Fortinho"... discursou entre risos sem nominar a presidente.

A resposta veio num post intitulado "a máscara que cai", no qual a campanha petista classifica a comparação como "indelicadamente jocosa" e ironiza ao final a fala da ex-senadora do PT.

"Nosso coração valente, Dilma poderia, sim, ser um mangangá, robusta abelha responsável por construir, defender e alimentar o ninho. Já o mosquito"...


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.