Redes sociais de artistas mostravam fotos nas manifestações, mas não contam com postagens sobre voto ou eleições

As manifestações de junho de 2013 levaram milhares de brasileiros para as ruas, incluindo muitos artistas. Atores, cantores e outros famosos pintaram o rosto, levantaram a bandeira do Brasil e compartilharam a atuação com fotos no Instagram e mensagens como #mudabrasil ou #giganteacordou. Agora, faltando menos de um mês para as eleições, a maioria desses famosos prefere se afastar da questão política.

Depois das fotos das manifestações, as publicações nas redes sociais sobre o tema praticamente sumiram. “Às vezes contratos podem impedir posição política. Mas muitas vezes é apenas desilusão. O descrédito nas instituições políticas gera o artista ausente, assim como gera o eleitor ausente. Política virou um assunto tabu. Não deveria, mas é tanta maracutaia que para alguns é simplesmente preferível se desvincular do assunto”, afirma ao iG a atriz Christine Fernandes.

Atriz Christine Fernandes em manifestação no Rio de Janeiro em junho de 2013
AgNews
Atriz Christine Fernandes em manifestação no Rio de Janeiro em junho de 2013

Ela posta sobre eleições em suas redes, como comentários antes do primeiro debate entre os presidenciáveis na TV, mas não declara seu voto. “Talvez declare quando me decidir. Preciso tirar certas dúvidas”, diz.

A reportagem procurou ao menos uma dezena de artistas que estavam nos movimentos de junho. A grande maioria não quis participar ou comentar assuntos ligados às eleições. Para Esther Solano, socióloga e professora da Universidade Federal de São Paulo, o silêncio dos atores pode refletir o momento da população.

Pesquisa: 92% dos brasileiros não acreditam que eleitos farão mudanças no País

“Havia esperança em junho e os jovens e os manifestantes foram para as ruas achando que iriam conseguir mudar alguma coisa, mas nada mudou. Principalmente na população mais jovem, a ansiedade por mudança virou frustração. Eles podem pensar: ‘Vou votar porque é a minha obrigação, mas com muito pouco entusiasmo’”, analisa.

Leia mais: Aprovação do governo Dilma é de 48%, aponta pesquisa CNI/Ibope

Dilma está com 39%, Marina, 31%, e Aécio, 15%,mostra pesquisa CNI/Ibope

A professora ainda levanta outra hipótese. Os famosos foram para as ruas para lutar pelos seus ideais, mas também para aproveitar o momento. “Há a perspectiva mais política, mas também pode ser uma postura pragmática por conta deles. É aquela coisa de ‘todo mundo está saindo [para os protestos], vamos pegar esse trem porque a gente tem que aparecer’. Agora já passou, mudou, não tem muito mais o que falar e não vale a pena se expor para não se queimar politicamente. Pode ter esse receio agora”, ressalta Esther.

Reveja famosos nas manifestações de junho de 2013:


A cantora Roberta Miranda foi para as ruas, participou de campanhas de protesto na internet e discorda da socióloga. Para ela, os artistas não falam sobre política ou declaram o voto por opção. “Não creio que haja receio. Creio que o voto seja particular e pessoal. O artista age assim por ser antes de tudo cidadão”, defende a cantora. Roberta também acredita que a empolgação com as manifestações pode influenciar nas urnas. “O povo foi para a rua e tem de se manifestar nas urnas”, afirma.

Contra a maré

Otto aparece na página oficial de Dilma Rousseff no Facebook
Reprodução/Instagram
Otto aparece na página oficial de Dilma Rousseff no Facebook

Nem tudo é silêncio no pós-manifestação dos famosos. A atriz Leandra Leal, por exemplo, é uma voz politicamente ligada e suas postagens sobre o tema têm comentários positivos.

Um exemplo foi um post no Instagram em maio com a foto de Camila Pitanga, que acompanhava a votação da PEC 57A do trabalho escravo no Senado. Na legenda, Leandra escreveu quais senadores eram da base de apoio do governo. "Além de gostar do seu trabalho, admiro a sua militância por um país mais justo", era um dos comentários de seus seguidores. 

A atriz esteve nas manifestações, declarou voto em Marina Silva em 2010 e já apareceu em apoio à Rede Sustentabilidade.

O cantor Otto, outra mente ativa durante os protestos de 2013, declara voto em Dilma e tem foto publicada no perfil da presidente e candidata à reeleição no Facebook. Na sexta-feira (12), Otto participou de um vídeo com uma entrevista de apoio a Dilma na rede social.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.