TSE multa Graça Foster, presidente da Petrobras, em R$ 53 mil

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Por maioria de votos, ministros entenderam que propaganda de gasolina da empresa foi veiculada de forma irregular

Agência Brasil

Agência Brasil
Graça Foster foi multada pelo TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira (11) multar em R$ 53 mil a presidenta da Petrobras, Graça Foster, por conduta vedada a agente público. Por maioria de votos, os ministros entenderam que uma propaganda sobre a gasolina comercializada pela empresa foi veiculada de forma irregular.

Segundo a lei eleitoral, durante o período das eleições, são proibidas inserções institucionais de produtos que não têm concorrência.

No entendimento dos ministros, o anúncio promoveu a empresa, fato proibido durante o período eleitoral. A peça foi veiculada no dia 16 de julho, em uma emissora de televisão. A ação foi proposta pela coligação Muda Brasil, do candidato Aécio Neves (PSDB).

Leia também: Maioria de votos no TCU livra Graça Foster de bloqueio de bens

Na semana passada, o TSE multou a presidenta da Petrobras em R$ 212 mil por outra veiculação irregular de propaganda.


Leia tudo sobre: Caso PetrobrasTSEEleições 2014

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas