Marina ainda lidera no Rio e em Pernambuco. Já a atual Presidente também venceria no Rio Grande do Sul e no Paraná

A pesquisa Datafolha divulgada na quarta-feira (10) ouviu a opinião de eleitores de diversos estados sobre a disputa presidencial. A presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) melhorou no estado de São Paulo e passou de 23% para 26%. Apesar de ter caído dois pontos percentuais, a ex-ministra Marina Silva (PSB) aparece com 40% e ainda lidera a corrida no estado. 

Pesquisa anterior: Marina tem 42% das intenções de voto em SP, aponta Datafolha

O maior salto de Marina foi no Distrito Federal. No levantamento de 5 de setembro a candidata do PSB liderava com 33% e agora já soma 43%. 

Pesquisa nacional: Dilma está com 36%, Marina, 33%, e Aécio, 15%

Enquanto isso, Dilma Rousseff manteve à liderança em Minas Gerais com um leve queda, de 35% para 33%. O cenário no estado ficou favorável para Aécio Neves, concorrente do PSDB. Ele passou de 22% para 26% e aparece em segundo lugar, à frente de Marina Silva. 

Veja fotos dos presidenciáveis em campanha:


No outros estados, vitória para Marina Silva em Pernanbuco e no Rio de Janeiro. Dilma Rousseff está na frente no Rio Grande do Sul e no Paraná. 

Veja os dados do Datafolha nos estados

São Paulo
Marina Silva - 40%
Dilma Rousseff - 26%
Aécio Neves - 16%

Rio de Janeiro
Marina Silva - 36%
Dilma Rousseff - 30%
Aécio Neves - 12%

Minas Gerais
Dilma Rousseff - 33%
Aécio Neves - 26%
Marina Silva - 25%

Rio Grande do Sul
Dilma Rousseff - 40%
Marina Silva - 26%
Aécio Neves - 15%

Distrito Federal
Marina Silva - 43%
Dilma Rousseff - 22%
Aécio Neves - 17%

Pernambuco
Marina Silva - 45%
Dilma Rousseff - 38%
Aécio Neves - 2%

Paraná
Dilma Rousseff - 32%
Marina Silva - 28%
Aécio Neves - 22%

A pesquisa Datafolha foi feita entre os dias 8 e 9 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais, exceto em São Paulo, que são dois, e no Distrito Federal, que são quatro. As pesquisas estão registradas no TSE: SP-00029/2014, RJ-00034/2014, MG-00080/2014, RS-00015/2014, PE-00023/2014, PR-00031/2014 e DF-00040/2014.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.