Avaliação positiva do governo Dilma e avaliação pessoal do desempenho da presidente melhoraram em relação a agosto

Dilma Rousseff, candidata à releição pelo PT, em entrevista no Palácio da Alvorada
Divulgação/PT
Dilma Rousseff, candidata à releição pelo PT, em entrevista no Palácio da Alvorada

A mais recente pesquisa CNT/MDA aponta um crescimento na popularidade de Dilma Rousseff. A presidente apresenta números melhores que os conquistados no levantamento de 27 de agosto na avaliação de seu governo e no seu desempenho pessoal. 

Intenções de voto: Dilma e Marina crescem e Aécio cai, aponta CNT/MDA

A avaliação do comando de Dilma era positiva em 33,1% no mês passado e agora está em 37,5%. O percentual dos que consideraram seu governo ótimo variou de 6,8% para 7,7%. A performance considerada boa passou de 26,3% para 29,8%, e a regular de 37,4% para 39%. 

Já a avaliação negativa diminuiu de 28,8% para 23%. A atuação considerada ruim passou de 11,8% para 10,8%, e a péssima, de 17% para 12,2%.

Os números de desempenho pessoal de Dilma Rousseff também estão em alta. De 47,4%, ela foi para 52,4% de aprovação. Já a quantidade dos que desaprovam passou de 47,4% para 42,9%.

O instituto ainda perguntou qual candidato o entrevistado acreditava que iria ganhar a eleição de outubro, independente da sua intençção de voto. Mais uma vez, Dilma aparece na frente, com 49%. Marina Silva, do PSB, ficou em segundo, com 34,9% e Aécio Neves, em terceiro, com 6,2%. 

Veja imagens das campanhas dos presidenciáveis:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.