Sem aceitar desafio do balde de gelo, Serra é ironizado por Suplicy

Por Wanderley Preite Sobrinho - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Senador diz que desafio era para levantar fundos para a doença ELA e alfinetou o tucano, que já foi ministro da Saúde

O senador e candidato a reeleição pelo PT, Eduardo Suplicy, ironizou nesta segunda-feira (1º) seu adversário ao Senado José Serra (PSDB), que se recusou a fazer o teste do balde. "Era para levantar fundos para pesquisas de uma doença rara. Se o Serra que foi ministro da Saúde não fez..."

Leia mais: Suplicy aceita desafio do balde de gelo e ainda convoca rivais nas eleições

Kassab aceita desafio do balde de gelo proposto pelo adversário Eduardo Suplicy

Ele deu a declaração aos jornalistas ao chegar na sede do SBT, em Osasco (Grande São Paulo), onde acompanhará o debate entre os presidenciáveis promovido pela TV de Silvio Santos, pelo jornal Folha de São Paulo, pela rádio Joven Pan e pelo portal Uol. 

O candidato José Serra (PSDB) chegou atrasado ao debate desta segunda-feira. Ele entrou no estúdio no intervalo do primeiro para o segundo bloco e não conversou com ninguém. Com fama de não ser pontual, o ex-prefeito de São Paulo chegou em cima da hora no primeiro debate presidencial, promovido pela TV Bandeirantes na semana passada. 

Suplicy foi o primeiro dos candidatos ao Senado a aderir ao desafio do balde de gelo. Ele postou um vídeo no qual vira sobre a cabeça um balde de água com gelo. A brincadeira é uma maneira de arrecadar dinheiro para a ALS, associação norte-americana que luta pelo combate à esclerose lateral amiotrófica (ELA).

Após o banho de água gelada, ele desafio os adversários Gilberto Kassab (PSD), José Serra (PSDB) e Ana Luiza (PSTU). O único que ainda não aceitou foi o tucano. 

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas