PSB diz que não tomou conhecimento das negociações do avião que matou Campos

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo partido, uso de jato em campanha foi autorizado por João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho e Apolo Santana Vieira

O PSB emitiu comunicado na noite desta segunda-feira (01) a respeito do imbróglio da compra do avião que serviu a campanha de Eduardo Campos, no qual o candidato acabou morrendo em acidente no dia 13 de agosto, em Santos (SP). Sendo substituído pela vice Marina Silva. O partido disse que não tomou conhecimento das negociações de compra e vendo do jato. A propriedade da aeronave ainda é obscura. 

“O uso da aeronave foi autorizado pelos Srs. João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho e Apolo Santana Vieira, dos grupos empresariais BR-Par Participação Ltda. e Bandeirantes Cia. Pneus Ltda. de Pernambuco”, declarou o PSB, na nota assinada por Roberto Amaral, presidente da agremiação socialista.

Mais sobre o caso: 
Avião que matou Campos pode ter sido comprado por empresas fantasmas
Procuradoria Eleitoral investigará prestação de contas de avião que matou Campos

Movimentação no local da queda da aeronave do candidato PSB, Eduardo Campos. (14/08). Foto: delamonica/Futura PressMovimentação no local da queda da aeronave do candidato PSB, Eduardo Campos. (14/08). Foto: delamonica/Futura PressMovimentação no local da queda da aeronave do candidato PSB, Eduardo Campos. (14/08). Foto: delamonica/Futura PressMovimentação no local da queda da aeronave do candidato PSB, Eduardo Campos. (14/08). Foto: delamonica/Futura PressMovimentação no local da queda da aeronave do candidato PSB, Eduardo Campos. (14/08). Foto: delamonica/Futura Press Local da queda da aeronave do candidato Eduardo Campos em Santos (14/08).. Foto: delamonica/Futura PressLocal da queda da aeronave do candidato Eduardo Campos em Santos (14/08).. Foto: delamonica/Futura PressLocal da queda da aeronave do candidato Eduardo Campos em Santos (14/08).. Foto: delamonica/Futura PressLocal da queda da aeronave do candidato Eduardo Campos em Santos (14/08).. Foto: delamonica/Futura PressViaturas da Polícia Federal realizam a segurança na porta do IML, na manhã desta quinta-feira. (14/08). Foto: Leonardo Benassatto/Futura Press Local da queda da aeronave do candidato Eduardo Campos em Santos (14/08).. Foto: delamonica/Futura Press Local da queda da aeronave do candidato Eduardo Campos em Santos (14/08).. Foto: delamonica/Futura Press Local da queda da aeronave do candidato Eduardo Campos em Santos (14/08).. Foto: delamonica/Futura Press Local da queda da aeronave do candidato Eduardo Campos em Santos (14/08).. Foto: delamonica/Futura PressSoldados do Exército recuperam objetos da aeronave de Eduardo Campos em Santos (13/08). Foto: delamonica/Futura PressImagens do acidente que matou o candidato Eduardo Campos no litoral paulista (13/08). Foto: Fotos PúblicasImagens do acidente que matou o candidato Eduardo Campos no litoral paulista (13/08). Foto: Fotos PúblicasImagens do acidente que matou o candidato Eduardo Campos no litoral paulista. Foto: Fotos PúblicasImagens do acidente que matou o candidato Eduardo Campos no litoral paulista (12/08). Foto: Fotos PúblicasProfissional do IML busca restos mortais em casas atingidas pela aeronave, em Santos (13/08). Foto: Nara Assunção/ Jornal BoqnewsMoradores observam estragos após queda de jato particular, que matou Campos, em Santos (13/08). Foto: Nara Assunção/ Jornal BoqnewsBombeiro recolhe possível destroço de aeronave que caiu nesta terça-feira (13/08). Foto: Nara Assunção/ Jornal BoqnewsSoldados do Exército recuperam objetos da aeronave de Eduardo Campos em Santos (13/08). Foto: delamonica/Futura PressSoldados do Exército recuperam objetos da aeronave de Eduardo Campos em Santos (13/08). Foto: delamonica/Futura PressSoldados do Exército recuperam objetos da aeronave de Eduardo Campos em Santos (13/08). Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressMovimentação de bombeiros na região onde caiu a aeronave de Eduardo Campos. Foto: Marcos Bezerra/Futura PressMovimentação de bombeiros na região onde caiu a aeronave de Eduardo Campos. Foto: Marcos Bezerra/Futura PressMovimentação de bombeiros na região onde caiu a aeronave de Eduardo Campos. Foto: Marcos Bezerra/Futura PressMovimentação de bombeiros na região onde caiu a aeronave de Eduardo Campos. Foto: Marcos Bezerra/Futura PressSoldados do Exército recuperam objetos da aeronave de Eduardo Campos em Santos (13/08). Foto: delamonica/Futura PressFoto do piloto Marcos Martins com a mulher Flávia e o filho. Foto: ReproduçãoPiloto Marcos Martins na estátua de Padre Cícero, em Juazeiro do Norte (CE). Foto: ReproduçãoPágina da rede social do piloto Martins exibia imagens do jato que caiu em Santos. Foto: ReproduçãoO fotógrafo Alexandre Severo também morreu no acidente que matou Campos em Santos (13/08) . Foto: Reprodução/InstagramAssessor Carlos Augusto Leal Filho e o cinegrafista Marcelo Lyra morreram no acidente (13/08) . Foto: Reprodução/InstagramEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura PressEstragos causados pela queda da aeronave do candidato do PSB, Eduardo Campos em Santos (13/08) . Foto: delamonica/Futura Press Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos  (13/08) . Foto: Futura Press Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Futura Press Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Futura Press Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Futura Press Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Futura Press Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Futura Press  Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Futura Press  Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Futura Press  Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Reprodução  Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Reprodução  Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos (13/08)  . Foto: Reprodução internet

Na época do acidente, a aeronave ainda estava em nome da empresa AF Andrade, de Ribeirão Preto. Esta companhia teria vendido o jato para os dois empresários. Na semana passada, o Jornal Nacional (Globo) informou que o dinheiro usado no pagamento veio de empresas fantasmas.

O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, instaurou na última sexta-feira (29) procedimento para investigar o uso do avião pela campanha do PSB.

Veja o comunicado do PSB na integra:

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) vem a público prestar os seguintes esclarecimentos a respeito do acidente ocorrido em 13/08/14, com a aeronave prefixo PP-AFA, que vitimou o seu presidente e então candidato à Presidência da República, Eduardo Henrique Aciolly Campos.

· O uso da aeronave foi autorizado pelos Srs. João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho e Apolo Santana Vieira, dos grupos empresariais BR-Par Participação Ltda. e Bandeirantes Cia. Pneus Ltda. de Pernambuco;

· Apurou-se que tais empresários haviam negociado o mencionado avião com a empresa AF Andrade, de Ribeirão Preto, que era sua arrendatária junto à Cessna Finance;

· A transferência de leasing ao Grupo de Pernambuco foi comunicada pela AF Andrade à ANAC, por petição datada de 15 de maio de 2014;

· Referida transferência de leasing, segundo nota à imprensa, não foi ainda concretizada, porque a Cessna Finance não aprovou as garantias oferecidas;

· Como também informou o grupo Andrade à ANAC, os empresários pernambucanos pagaram, no dia 08 de maio, oito parcelas do leasing da aeronave.

O Partido Socialista Brasileiro presta esses esclarecimentos para deixar patente que esteve alheio às negociações efetuadas entre os empresários de Pernambuco e a empresa AF de Ribeirão Preto.

Cumpre ainda esclarecer que a utilização da aeronave está sendo incluída na prestação de contas de Eduardo Campos ao Tribunal Regional Eleitoral.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas