Presidente do PSB diz que aceita apoio do PSDB no segundo turno

Por Vitor Sorano - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Roberto Amaral acredita que candidata Marina Silva conseguiu se livrar dos ataques dos concorrentes à Presidência em debate

O presidente do PSB, Roberto Amaral, disse nesta segunda-feira ao iG que aceitaria o apoio do PSDB à candidatura de Marina Silva (PSB) num eventual segundo turno contra Dilma Rouseff (PT), mas que prefere os "eleitores do PSDB". Mais cedo, o tucano Alberto Goldman já havia acenado com a possibilidade de apoiar Marina. Assista ao vídeo:

Análise: Agora vitrine, Marina vira alvo de Dilma, Aécio e Luciana Genro em debate

Amaral avaliou ainda de forma positiva o desempenho de sua candidata à Presidência no segundo debate, realizado nos estúdios do SBT, nesta segunda-feira. Para ela, Marina conseguiu responder as perguntas com clareza e não entrou no jogo dos rivais, Dilma e Aécio, que a atacaram. "Quem é a favorita se transforma na ameaça de todos eles", disse. 

Leia tudo sobre: eleições 2014roberto amaralaécio neves

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas