Conheça peculiaridades da vida pessoal dos três principais presidenciáveis: Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves

Dilma Rousseff , presidente e candidata do PT à reeleição, guarda dinheiro 'no colchão' e banca a mestre-cuca fazendo sopa. Marina Silva , que concorre à Presidência pelo PSB, usa batom feito de beterraba e já trabalhou como figurinista de teatro. Aécio Neves , presidenciável do PSDB,  deseja recuperar a antiga perfomance da juventude na prancha de surfe e foi homenageado pela mulher com uma tatuagem.  

Os três líderes das pesquisas da corrida eleitoral  costumam aparecer em suas agendas de campanha falando de grandes temas e assuntos sérios, mas na vida pessoal, como qualquer outra pessoa, eles têm características e hábitos que a maioria de seus eleitores nem imaginam. Saiba curiosidades sobre eles a seguir: 

Vaidade dos presidenciáveis

A presidente Dilma desfila com cabelos mais claros nessas eleições. Já Aécio Neves fez aplicações de botox e cirurgia nas pálpebras . E Marina Silva, que assumiu a chapa do PSB com a morte de Eduardo Campos , só satisfaz sua vaidade usando usando produtos naturais.

A acreana morou até a adolescência no seringal, se alfabetizou aos 16 anos e superou cinco malárias e três hepatites. Ela ainda teve uma leishmaniose e acabou desenvolvendo alergias depois do tratamento que a obrigar a tomar 45 injeções. 

Campanha:  Para fazer bonito, presidenciáveis fazem de implante capilar a cirurgia plástica

Marina Silva assiste ao desfile de Ronaldo Fraga na edição 2011 do São Paulo Fashion Week
AgNews
Marina Silva assiste ao desfile de Ronaldo Fraga na edição 2011 do São Paulo Fashion Week


Com essa alergia, a solução foi apostar em maquiagem à base de produtos naturais e também em alguns truques. Marina usa beterraba como batom e blush e ainda passa uma leve camada de azeite nos lábios para um efeito gloss.

A ex-senadora também acompanha o mundo da moda e usa roupas que, de alguma maneira, lembrem suas raízes. Ela já foi até figurinista. Aos 21 anos, ela entrou para um grupo de teatro amador, cuidando dos trajes que os atores usariam em cena.

Mais: Aos 23 anos, filha de Aécio Neves estreia na política, mas ainda evita holofotes

“Este mundo da moda não me é estranho”, comentou ela,  durante um desfile de Ronaldo Fraga no São Paulo Fashion Week, em 2013. Foi a segunda vez em que ela se sentou na primeira fila para ver as criações do estilista. Fã, Marina diz gostar de Fraga por ele evocar o Brasil em suas criações.

A candidata do PSB também dá um toque pessoal ao seu visual. É ela quem desenha os seus acessórios, como colares ou pulseiras.

Aécio, Letícia e os gêmeos Julia e Bernardo. Mulher tem tatuagem com iniciais do marido
Instagram/aecionevesoficial
Aécio, Letícia e os gêmeos Julia e Bernardo. Mulher tem tatuagem com iniciais do marido

Homenagem na pele 

Aécio Neves divide seu tempo entre viagens de campanha e a família, que mora no Rio de Janeiro. Ele é pai de Gabriela , de 23 anos, e dos gêmeos recém-nascidos Bernardo e Gabriela, e é casado com a ex-modelo Letícia Weber, que fez homenagem recente a ele. Segundo a colunista Monica Bergamo da Folha de S. Paulo , a loira tem as letras A e N tatuadas atrás da orelha direita.

O candidato tem como um de seus projetos pessoais colocar um velho hábito em prática. Aécio quer comprar uma prancha e voltar a surfar, um antigo hobby da adolescência.

Mestre-cuca do Alvorada 

A presidente e candidata a reeleição Dilma Rousseff também tem suas peculiaridades. Ela já apareceu fazendo uma omelete no programa "Mais Você" ( Globo) , e voltou a mostrar os dotes culinários recentemente manejando uma massa em no horário eleitoral. Mas o que ela mais gosta de cozinhar é sopa.

Dilma já se queixou publicamente do fato da cozinha do Palácio do Alvorada, onde vive, ser longe de seu quarto.  Ele disse ao jornal O Globo no ano passado que gostaria de ter um fogão em seus aposentos, naquela hora que a fome bate no meio da noite. Mas o staff da residência presidencial barrou a ideia, alegando questões de segurança. 

Dilma Rousseff aparece cozinhando na primeira semana de horário eleitoral
Reprodução
Dilma Rousseff aparece cozinhando na primeira semana de horário eleitoral


Outra peculiaridade da presidente é guardar uma grande quantia de dinheiro em casa. Ela declarou à Justiça Eleitoral ter R$ 152 mil em espécie. Numa sabatina de Folha de S. Paulo , a mandatária explicou o motivo para não guardar o montante em um banco.

“Sete anos eu vivi fugida. São as coisas que você incorpora. Teve muito tempo na vida em que eu dormia de sapato. É muito forte a experiência que você passa em determinados momentos”, disse Dilma, lembrado o período em que foi perseguida e torturada no regime militar. 

“Já vivi muito sem dinheiro. Já vivi com dinheiro. Tenho esta mania com meus 150 mil reais que vocês não vão mudar”, concluiu.

Veja momentos da corrida presidencial:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.