Roberto Carlos deve processar Tiririca por uso da imagem do cantor

Por Vitor Sorano - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Deputado parodia cantor em propaganda eleitoral. "É fácil se reeleger dizendo que tem apoio do Rei", critica advogado

Roberto Carlos deve processar o deputado Tiririca (PR/SP), que parodiou a imagem e uma das músicas do cantor para tentar se reeleger. O Partido da República também deverá ser acionado, segundo o advogado José Diamantino Alvarez Abelenda, que representa a editora da canção "O Portão", usada pelo candidato.

Eleições 2014: Acompanhe a cobertura

A ideia é que a editora e o cantor apresentem conjuntamente um processo contra o deputado e o partido, avalia o advogado. 

"Há fatos mais graves do que a utilização da música", disse Abelenda, ao iG. "É muito fácil se reeleger dizendo que tem o apoio do Rei."

Reprodução
'Que bifões, bicho', diz Tiririca, em referência a comerciais da Friboi estrelados por Roberto Carlos

No vídeo, Tiririca aparece vestido de branco e usa a gíria "bixo" – traços característicos de Roberto Carlos. O candidato também aparece segurando um bife, numa clara referência à participação do cantor em propagandas da marca de carnes Friboi.

A letra da música foi alterada para "Eu votei. De novo eu vou votar. Tiririca, Brasília é o seu lugar."

O vídeo foi ao ar pela primeira vez na última terça-feira (19), quando teve início o horário eleitoral gratuito. Segundo Abelenda, Tiririca e o PR foram notificados para retirar o material do ar. Nesta quinta-feira (21), entretanto, houve nova exibição da paródia.

Leia também: Tiririca imita Roberto Carlos na TV e diz que o cantor o apoia para a reeleição

"Eu esperava que depois na notificação, alguém do partido ou da candidatura entraria em contato comigo", admite o advogado. "Não é essa via [judicial] que eu pretendia adotar."

Segundo o advogado, a ação deverá ser apresentada à Justiça na semana que vem.

O iG procurou  a Direção Nacional do PR, mas não recebeu resposta até a publicação da reportagem. No diretório de São Paulo, uma atendente informou que ninguém poderia responder naquele momento, por volta das 18h. Os telefonemas para o gabinete de Tiririca no Congresso não foram atendidos.

Mais votado em 2010, aposta em 2014

Com 1,35  milhão de votos, Tiririca elegeu-se e garantiu mais três vagas na Câmara dos Deputados para sua coligação na eleição de 2010. Além disso, a votação expressiva ainda rendeu um acréscimo de cerca de R$ 3,9 milhões (em valores atualizados) por ano ao PR em verbas do fundo partidário – mais do que foi gasto na sua campanha.

Reprodução: "Tiririca é planta. Ele não é dono do nome", diz candidato

O partido tenta repetir a estratégia neste ano, dando destaque à candidatura do humorista. O vídeo de Tiririca tem cerca de 1 minuto, e não apenas alguns segundos com os demais candidatos a deputado federal.


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas