Polícia investiga envolvimento de vereador em briga entre a Gaviões e a Mancha

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

O torcedor Gilberto Pereira foi agredido durante a briga e está em estado grave no Hospital Estadual de Franco da Rocha

Agência Brasil

Divulgação
Raimundo César Faustino conhecido como CAPÀ

A Polícia Civil de Franco da Rocha investiga a suspeita de envolvimento de um vereador da cidade de Francisco Morato na briga entre integrantes das torcidas organizadas Mancha Verde, do Palmeiras e Gaviões da Fiel, do Corinthians, no centro da cidade de Franco da rocha, na Grande São Paulo.

O parlamentar Raimundo César Faustino foi visto por policiais militares no tumulto e teria fugido após o confronto. Segundo a Polícia Civil, se ele não se apresentar nos próximos dez dias, a prisão preventiva deverá ser solicitada. Seis pessoas foram presas em flagrante.

O torcedor do Palmeiras, Gilberto Torres Pereira foi agredido violentamente, com pauladas durante a briga. Ele sofreu traumatismo craniano, passou por cirurgia e está na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Estadual de Franco da Rocha.

De acordo com o boletim de ocorrências, a briga começou por volta das 7h de ontem (17), quando as torcidas rivais se encontraram na Estação Franco da Rocha da CPTM. Os palmeirenses estavam a caminho do Pacaembu para assistirem ao clássico entre o Palmeiras e São Paulo e os corintianos voltavam de uma festa na quadra da Gaviões.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas