Marina se encontra com a viúva Renata Campos e participa do velório e do enterro do companheiro de chapa, no domingo

Agência Brasil

Marina Silva chegou neste sábado à casa da família de Eduardo Campos , no Recife. Ela chegou acompanhada por Walter Feldman (PSB-SP), Miro Teixeira (PROS-RJ), Pedro Ivo (assessor de Marina), o ambientalista João Paulo Capobianco, da candidata ao Senado Heloisa Helena (PSOL-AL), do vereador Ricardo Young (PPS-SP) e da socióloga Maria Alice Setúbal.

Às 10 h e 17 h: Missa de homenagem a Campos e enterro ocorrem no domingo

Marina Silva chega à casa da família de Eduardo Campos, onde estão reunidos amigos e políticos para o velório previsto para começar neste sábado em Recife
Agência Brasil
Marina Silva chega à casa da família de Eduardo Campos, onde estão reunidos amigos e políticos para o velório previsto para começar neste sábado em Recife

Acidente aéreo: Morre Eduardo Campos, candidato do PSB à Presidência

Marina chegou ao Recife no fim da tarde para se encontrar com a viúva Renata Campos e para participar do velório e do enterro do companheiro de chapa .

Ao chegar, ela evitou falar com a imprensa. Pouco antes, o presidente do PSB, Roberto Amaral, disse que, por enquanto, não há outra opção de nome para substituir Campos a não ser o de Marina.

Presidente do PSB:  Viúva de Eduardo Campos pode ser candidata

O ex-governador de Pernambuco e outras seis pessoas morreram na queda de uma aeronave Cessna 560 XL na quarta-feira (13) em Santos, no litoral de São Paulo. O acidente com Campos aconteceu exatamente nove anos depois da morte de seu avô, Miguel Arraes, em 13 de agosto de 2005.

Além de Campos, também morreram no acidente o assessor de imprensa Carlos Percol, o assessor Pedro Valladares Neto, o cinegrafista Marcelo Lyra, o fotógrafo Alexandre Severo, o piloto Marcos Martins e o copiloto Geraldo M. P. da Cunha.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.