Com chegada de corpo de Campos, Recife começa despedida de ex-governador

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Restos mortais de presidenciável serão enterrados às 17 h de domingo, sete horas após missa em frente da sede do governo

O corpo do presidenciável do PSB, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, chegou na noite de sábado (16) ao Recife, onde será velado no Palácio das Princesas antes de ser enterrado às 17 horas deste domingo (17) ao lado da sepultura do avô Miguel Arraes, no cemitério de Santo Amaro. O governo do Estado trabalha com a possibilidade de que o funeral reúna mais de 100 mil pessoas.

Enterro de Campos: Dilma, Lula, Aécio e governadores confirmam presença

Acidente aéreo: Morre Eduardo Campos, candidato do PSB à Presidência

Sua esposa, Renata Campos, recebeu o corpo do marido acompanhada dos cinco filhos e de Marina Silva, que deve assumir a liderança da chapa do PSB no lugar do ex-governador. Esta foi a primeira vez que Renata deixou a casa da família, no bairro Dois Irmãos, desde morte do marido, aos 49 anos, na queda de uma aeronave Cessna 560 XL na quarta-feira (13) em Santos, no litoral de São Paulo.

O acidente aconteceu exatamente nove anos depois da morte de seu avô em 13 de agosto de 2005. Também morreram no acidente o assessor de imprensa Carlos Percol, o assessor Pedro Valladares Neto, o cinegrafista Marcelo Lyra, o fotógrafo Alexandre Severo, o piloto Marcos Martins e o copiloto Geraldo M. P. da Cunha.

Não vamos desistir do Brasil: Última frase de Campos na TV vira lema pró-Marina

Um dos filhos de Eduardo Campos presta suas últimas homenagens ao pai, o presidenciável Eduardo Campos. Foto: Ricardo Moraes/ReutersMulher chora com um ramalhete de flores na mão durante sepultamento de Eduardo Campos. Foto: Ricardo Moraes/ReutersAdmiradores foram ao Cemitério de Santo Amaro dar um último adeus para Eduardo Campos. Foto: Ricardo Moraes/ReutersGritos de "Eduardo guerreiro do povo brasileiro" marcam o sepultamento de Campos no Cemitério de Santo Amaro, no Recife. Foto: Ricardo Moraes/ReutersFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilFamiliares e colegas de partido de Eduardo Campos acompanham o caixão do candidato. Foto: Fernando Frazão/Agência BrasilCaixão com restos mortais de Eduardo Campos segue para o Cemitério de Santo Amaro em um carro aberto do Corpo de Bombeiros de Pernambuco. Foto: Paulo Whitaker/ReutersMilhares de admiradores de Eduardo Campos acompanham o cortejo fúnebre do caixão que leva seus restos mortais. Foto: REUTERS/Paulo WhitakerCentenas de pessoas aguardam a chegada do caixão de Eduardo Campos no Cemitério de Santo Amaro, em Recife, Pernambuco. Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iGAdmiradores de Eduardo Campos sobem em túmulos enquanto aguardam a chegada do caixão do ex-governador. Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iGAmigos e familiares participam do enterro do ex-deputado federal e assessor do candidato a presidência Eduardo Campos, Pedro Valadares, em Aracaju, SE, neste domingo (17). Foto: Jorge Henrique/Futura PressA viúva Cecília Ramos (c) é vista durante enterro do jornalista Carlos Percol, assessor de Eduardo Campos, no Cemitério de Santo Amaro, em Recife (PE), neste domingo (17). Foto: Pedro de Paula/Futura PressFaixa em frente a uma floricultura estampa uma das últimas frases de Eduardo Campos antes de morrer: "Nós não vamos desistir do Brasil". Foto: Pedro de Paula/Futura PressJoão Henrique, filho homem mais velho de Eduardo Campos, entoa grito de 'Eduardo Guerreiro' em homenagem ao pai (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersFamília de Eduardo Campos se emociona durante velório, missa e homenagens às vítimas do acidente aéreo que matou o político (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersJosé, de 9 anos, abraça caixão do pai Eduardo Campos (17/8). Foto: Paulo Whitaker/ReutersMarina Silva conforta Renata Campos, viúva de Eduardo Campos (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersLula se emociona ao lado da família de Eduardo Campos (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersCartaz em homenagem a Eduardo Campos é visto na multidão durante velório neste domingo (17/8). Foto: Aldo Carneiro/Futura PressHomem carrega cartaz no meio da multidão em homenagem a Eduardo Campos (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersPresidente Dilma Rousseff conforta filhos de Eduardo Campos durante velório na manhã deste domingo na sede do governo de Pernambuco (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersDilma Rousseff cumprimenta o presidenciável pelo PSDB Aécio Neves no velório de Eduardo Campos e vítimas do acidente aéreo (17/8). Foto: Paulo Whitaker/ReutersLula segura pequeno Miguel, filho mais novo de Eduardo Campos, durante velório do presidenciável no Recife (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersPresidente Dilma Roussef, Lula e outros políticos prestam homenagem a Eduardo Campos (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersDilma Rousseff cumprimenta Marina Silva, que era candidata à vice na chapa de Eduardo Campos (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersGovernador de São Paulo Geraldo Alckmin é mais um presente no velório (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersDilma Rousseff é vista no velório de Eduardo Campos (17/8). Foto: ReproduçãoJosé Serra também participa de missa campal e homenagens às vítimas do acidente aéreo em Santos (17/8). Foto: ReproduçãoMissa em homenagem ao ex governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e vítimas do acidente é celebrada no Palácio do Campo das Princesas (17/8). Foto: Fernando Frazão/ABrBalões brancos voam para o céu de Recife em homenagem às vitimas do acidente aéreo que matou Eduardo Campos e mais seis pessoas de sua campanha (17/8) . Foto: Augusto Cataldi/Fotos PúblicasFilho de Eduardo Campos é visto ao lado do caixão do pai. Família passou a madrugada no velório, saiu nesta manhã e voltou ao local por volta de 9h (17/8). Foto: Paulo Whitaker/ReutersMarina Silva, que acompanhava a família desde a chegada do corpo de Eduardo Campos, segue no velório do politico (17/8). Foto: Paulo Whitaker/ReutersEstrutura montada em frente ao Palácio do Campos das Princesas para despedidas e missa de corpo presente de Eduardo Campos e vítimas do acidente (17/8). Foto: Paulo Whitaker/ReutersComércio de flores nos arredores do cemitério de Santo Amaro, onde Eduardo Campos será enterrado no Recife (17/8). Foto: Chico Peixoto/Fotos PúblicasMulher chora durante velório do presidenciável Eduardo Campos no Palácio do Campo das Princesas na manhã deste domingo. Foto: Ricardo Moraes/ReutersGrupo vestido como o tradicional Maracatu espera na fila no velório de Eduardo Campos (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersA estimativa era que a fila de pessoas para homenagear Campos e mortos em acidente ultrapassava os 3 km (17/8). Foto: Paulo Whitaker/ReutersLongas filas se formam na sede do governo neste domingo para a despedida e últimas homenagens a Eduardo Campos (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersAbraço da família Campos no velório de Eduardo Campos na madrugada deste domingo, no Recife (17/8). Foto: Matheus Britto/Futura PressFilho de Eduardo Campos arruma bandeira sobre o caixão do pai. Marina Silva acompanha velório ao lado da família (17/8). Foto: ReutersFoto de Eduardo Campos é colocada em cima do caixão do presidenciável (17/8). Foto: Ricardo Moraes/ReutersFilhos de Eduardo Campos, ao lado da mãe Renata, carregam o caixão do pai na chegada ao Palácio do Campo das Princesas (17/8). Foto: Clélio Tomaz/Fotos PúblicasFilhos de ex-governador de Pernambuco, Pedro, João e Maria Eduarda, acenam para população (17/8). Foto: Leia JáChoro e emoção no cortejo com o corpo de Eduardo Campos do aeroporto até a sede do governo de Pernambuco (17/8). Foto: Clélio Tomaz/Fotos PúblicasFilhos de Campos acompanham corpo do pai no caminhão dos bombeiros e acenam para a população (17/8). Foto: ReutersPedro, filho de Eduardo Campos, cobre com a bandeira nacional o caixão com o corpo de seu pai (16/8). Foto: ReutersJoão e Pedro, filhos de Eduardo Campos, carregam caixão de pai no caminhão do Corpo de Bombeiros, em Recife (16/8). Foto: ReutersRenata Campos, viúva do ex-governador de Pernambuco, segura caçula Miguel (16/8). Foto: ReutersJoão e Pedro, filhos de Eduardo Campos, carregam caixão com corpo do pai que desembarcou em Recife (16/8). Foto: ReutersMulher com foto do Eduardo Campos em enfeite na cabeça é vista perto do palácio do governo de Pernambuco (16/8). Foto: Ricardo Moraes/Reuters - 16.8.14Partidários de Campos se reúnem junto ao palácio do governo de Pernambuco (16/8). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iG - 16.8.14Ilustrações de Eduardo Campos são exibidas em ruas de Recife (16/8). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iG - 16.8.14Palco montado junto ao palácio do governo de pernambuco, onde o corpo de Eduardo Campos é velado (16/8). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iG - 16.8.14Multidão é vista junto à sede do governo de Pernambuco, onde o corpo ex-governador Eduardo Campos é velado (16/8). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iG - 16.4.14Palco para autoridades junto ao palácio do governo de Pernambuco (16/8). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iG - 16.8.14Cartazes e flores em homenagem a Eduardo Campos são colocados no Palácio do Campo das Princesas (16/8). Foto: Fernando Fazão/ Agência BrasilFila se forma junto ao palácio do governo de Pernambuco antes de velório de Campos (16/8). Foto: Ricardo Moraes/Reuters - 16.8.14Mensagens em homenagem a Eduardo Campos deixadas próximo ao palácio do governo de Pernambuco (16/8). Foto: Ricardo Moraes/Reuters - 16.8.14Coroas de flores são vistas na frente do Palácio das Princesas, no Recife (16/8). Foto: Fernando Fazão/ Agência BrasilHomem deposita flores em homenagem a Eduardo Campos em frente à sede do governo no Recife (16/8) . Foto: Fernando Fazão/ Agência BrasilCartaz em homenagem a Eduardo Campos é visto em rua do Recife (16/8). Foto: Fernando Fazão/ Agência BrasilHomem lê cartaz sobre Eduardo Campos nas ruas do Recife (16/8) . Foto: Fernando Fazão/ Agência BrasilMoradora do Recife segura cartaz em homenagem ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (16/8). Foto: Fernando Fazão/ Agência BrasilPessoas leem cartazes sobre Eduardo Campos nas ruas do Recife (16/8) . Foto: Fernando Fazão/ Agência BrasilOutdor em homenagem a Eduardo Campos, morto em acidente aéreo na quarta-feira, é colocado nas ruas de Recife (16/8). Foto: Fernando Fazão/ Agência BrasilCartaz em homenagem a Eduardo Campos é visto em rua do Recife (16/8). Foto: Fernando Fazão/ Agência Brasil

Marina e Renata, que carregava no colo o caçula Miguel, de 6 meses, não falaram com a imprensa. Os filhos Maria Eduarda, João, Pedro e José Henrique vestiam uma camisa amarela com a frase: “Não vamos desistir do Brasil”, dita pelo pai em entrevista dada ao Jornal Nacional na noite da véspera do acidente. A frase será o lema do PSB na campanha daqui para frente, segundo o presidente do partido, Roberto Amaral.

Marina, apontada por Amaral como única alternativa analisada pelo PSB para substituir Campos na disputa até o momento, chegou no sábado (16) à casa da família do ex-governador por voltas das 19h30. Lá dentro, abraçou demoradamente a viúva do companheiro de chapa. As duas se emocionaram, mas não chegaram a chorar, segundo relato do deputado Miro Teixeira (PROS-RJ).

Compromisso: Marina terá de assinar carta preparada pelo PSB para candidatura

Os corpos das vítimas foram transportados por três aviões da FAB com destino ao Recife (PE), Governador Valadares (MG) e Maringá (PR) a partir da Base Aérea de Guarulhos (SP).

O velório dos corpos Campos, Percol e Severo será aberto ao público durante toda a madrugada. Lyra será velado e enterrado em um município da Grande Recife. A família de Valadares é de Sergipe. Por isso, o corpo dele seguiu para Aracaju, onde será sepultado, após a chegada em Recife. O corpo do piloto Martins será velado e enterrado em Maringá, enquanto o corpo do copiloto Cunha será sepultado em Governador Valadares. Os restos mortais de Martins e de Cunha também já chegaram ao seu destino final.

Às 10 horas, está prevista a celebração de uma missa campal pelo arcebispo de Recife e Olinda, dom Fernando Saburido, na Praça da República, em frente à sede do governo pernambucano.

Presidente do PSB: Viúva de Eduardo Campos pode ser candidata a vice

Um caminhão aberto do Corpo de Bombeiros da Base Aérea do Recife faz o translado do corpo de Campos até o Palácio das Princesas. Carros funerários levarão os corpos de Percol, de Severo e de Lyra.

Na noite de sexta-feira (15), a pedido da família de Campos, foram feitas alterações no trajeto do cortejo fúnebre para que ele passasse por bairros mais humildes da capital. Com isso, o desfile seguiu por toda Avenida Mascarenhas de Moraes, passando pelo Largo da Paz. Entrou na Estrada dos Remédios, passando pelo bairro da Torre e chegando até a Avenida Norte finalizando no Palácio das Princesas. O trajeto de 22 quilômetros foi preparado no sábado com faixas, cartazes e banners em homenagem a Campos.

Além da presidente Dilma Rousseff, que concorre à reeleição pelo PT, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do presidenciável pelo PSDB, Aécio Neves, e de Marina Silva, 12 governadores já confirmaram presença nas cerimônias. Também são esperados ministros, parlamentares, prefeitos, vereadores, empresários e embaixadores.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas