De acordo com o instituto, já estão prontos os perfis genéticos de seis vítimas do acidente aéreo, entre elas Eduardo Campos

O IML (Instituto Médico Legal) de São Paulo divulgou uma nota nesta sexta-feira (15) confirmando que os primeiros resultados dos exames de DNA das vítimas do acidente aéreo que matou o candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) nesta semana ficarão prontos no sábado. 

Leia também: Defesa Civil libera 11 dos 13 imóveis interditados após queda de avião 

Segundo a nota, o perfil genético de seis vítimas, entre elas o presidenciável, já está pronto. Neste momento, os peritos trabalham para mapear o material genético da família do piloto Geraldo Cunha e indentificar o seu DNA. O material havia sido recolhido na quinta-feira pela Polícia Federal com parentes em Governador Valadares, em Minas Gerais. 

São 50 peritos trabalhando no caso, e 10 deles são especialistas em DNA pelo IC (Instituto de Criminalística). 

Veja fotos do acidente: 


Veja a íntegra da nota do IML: 

O diretor do IML de São Paulo Ivan Miziara informa que são sendo realizados os exames de DNA nos restos mortais resgatados na área do acidente aéreo ocorrido em Santos na ultima quarta-feira (13). Os primeiros resultados dos exames de DNA devem ficar prontos neste sábado (16).

Informa ainda que já estão prontos os perfis genéticos dos familiares de seis vítimas, entre eles o do candidato a Presidência Eduardo Campos.

Nesta sexta-feira (15), chegou o material genético da família do piloto Geraldo Cunha e já foi iniciado o exame de DNA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.