Viúva de Campos não aceitou prioridade na identificação do marido, pediu velório coletivo e que missa fosse aberta

Com a campanha suspensa devido a morte do ex-governador Eduardo Campos, o diretório do PSB de Pernambuco está empenhado nos preparativos do funeral de sua maior liderança e dos quatro assessores que o acompanhavam na viagem a Santos, todos mortos no acidente de avião ocorrido na última quarta-feira (13).

Na tarde desta quinta-feira (14), dirigentes locais do partido se reuniram com representantes de movimentos sociais para decidirem as homenagens a serem prestadas aos mortos. Haverá um grupo de militantes para acompanhar o traslado dos corpos, que será feito por um caminhão do Corpo de Bombeiros, da Base Aérea do Recife até o Palácio Campo das Princesas (sede do governo pernambucano), onde ocorrerá o velório.

Além disso, o PSB providenciou uma base de apoio, no próprio diretório, para as pessoas do interior do Estado que chegarem ao Recife para acompanhar as homenagens.

A viúva de ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, Renata Campos, exigiu que todos os corpos do acidente fossem liberados para sepultamento no Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo ao mesmo tempo. Ela pediu que o mesmo tratamento dado a Campos fosse dispensado aos assessores do candidato, que viajavam com ele.

Renata ainda fez o convite às famílias dos assessores para que se faça um velório em conjunto. De acordo com informações do partido, já é certo que os corpos do assessor de imprensa Carlos Percol, do fotógrafo Marcelo Severo e do cinegrafista Marcelo Lira serão velados no Palácio Campo das Princesas, ao lado do corpo de Campos.

A família do assessor Pedro Valadares, também morto no acidente, é de Sergipe. Há ainda uma dúvida se o corpo dele será velado na sede do governo pernambucano e depois transferido para Aracaju para ser sepultado ou se seguirá direto para a capital sergipana.

Outra exigência feita pela viúva Renata Campos foi que a missa de corpo presente fosse realizada na Praça da República, em frente ao Palácio Campo das Princesas, com a participação de toda população. A missa será celebrada pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.