Papo na Redação: "Marina ganhar se torna possível", diz Renato Janine Ribeiro

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Professor de ética e filosofia da USP fala ao iG sobre a morte do candidato a presidente Eduardo Campos (PSB)

Renato Janine Ribeiro, professor de ética e filosofia da Universidade de São Paulo, analisa, em conversa com o diretor de jornalismo do iG, Rodrigo de Almeida, a morte na política e as consequências objetivas do falecimento do candidato a presidente Eduardo Campos, em um acidente aéreo em Santos na última quarta-feira (13). 

Em sua avaliação, Marina Silva, então vice de Campos, enfrentará um dilema que reside na conjugação de valores entre a Rede Sustentabilidade e o PSB. "São valores bem diferentes. É preciso saber se Marina vai querer ser presidente, e seo PSB vai se sentir confortável com ela. Seu perfil é muito diferente do perfil do partido", diz Ribeiro.

Sobre uma eventual candidatura de Marina, Ribeiro pondera: "Marina ganhar as eleições se torna possível num eventual segundo turno entre duas mulheres. Ela se elegerá pelo PSB para deixá-lo? Ela não iria instrumentalizar um partido (PSB) para depois sangrá-lo e fazer outro (Rede Sustentabilidade)."

No bate-papo, Ribeiro também reflete sobre a diferença entre o falecimento de uma pessoa idosa, que pode ver a morte chegar e se despedir de seus entes queridos, então preparados para a passagem, e a perda abrupta e trágica de um homem jovem.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas