Aeronave saiu do Rio e pousaria no Guarujá, mas, durante a descida, arremeteu, supostamente por causa do mau tempo

O candidato do PSB à Presidência, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos , morreu na quarta-feira (13) aos 49 anos na queda de uma aeronave Cessna 560 XL em Santos, no litoral de São Paulo.  Assista ao vídeo com a reconstituição do acidente:

Acidente aéreo:  Morre Eduardo Campos, candidato do PSB à Presidência

Além de Campos, também morreram no acidente o assessor Carlos Augusto Leal Filho, o chefe de gabinete no governo de Pernambuco, Pedro Valladares Neto, o cinegrafista Marcelo Lira, o fotógrafo Alexandre Severo e o piloto Marcos Martins e o copiloto Geraldo M. P. da Cunha. Segundo o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grelha, o inquérito sobre o acidente deve levar 30 dias.

Assista:  Vídeo mostra momento exato da explosão do avião de Eduardo Campos

Segundo a Aeronáutica, o voo que levava Campos saiu do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, onde Campos concedeu na noite de terça-feira (12) entrevista ao Jornal Nacional. O voo pousaria no Guarujá, mas, durante a descida, arremeteu, supostamente por causa do mau tempo. A partir desse momento, o controle de voo perdeu o contato com a aeronave.

Veja imagens do acidente que matou Eduardo Campos:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.