Governador paulista e candidato à reeleição ressaltou perda que falecimento representou para a renovação da política

O governador de São Paulo e candidato à reeleição Geraldo Alckmin (PSDB) lamentou a morte de Eduardo Campos, candidato do PSB à Presidência da República, nesta quarta-feira (13). Em entrevista à Rede Globo, o tucano ressaltou a perda que o falecimento dp ex-governador de Pernambuco representou para a renovação da política brasileira.

Alckmin lamentou a morte de Eduardo Campos (PSB)
Divulgação/Governo SP
Alckmin lamentou a morte de Eduardo Campos (PSB)

“Aos familiares e cada uma das pessoas que perderam a vida neste acidente, com a morte de Eduardo Campos, o Brasil perde uma liderança jovem, promissora, que teria tudo para contribuir para o País. Eu perco um amigo”, declarou Alckmin.

Alckmin e Campos se aproximaram muito nos últimos meses. Apesar de estarem em partidos adversários na corrida presidencial, os dois políticos tinha uma aliança informal, já que o PSB é vice na chapa do tucano ao governo de São Paulo.

Veja mais : Morre Eduardo Campos, candidato à Presidência, em acidente de aeronave

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.