Tucano destacou convivência e prestou condolências à família de Campos, morto em acidente aéreo na cidade de Santos (SP)

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves , afirmou que a morte do adversário Eduardo Campos , do PSB, significa a perda de um dos maiores representantes do que chamou de "boa política".

"Eduardo era um dos mairoes representantes da boa política, e essa triteza é muito maior para aqueles que conviveram com o Eduardo", disse Aécio, no fim da tarde desta quarta-feira (13), em São Paulo.

O tucano ressaltou ter convivido com Campos, que foi governador de Pernambuco ao mesmo tempo em que Aécio governava Minas Gerais.

"O fato de estarmos em partidos diferentes nunca impediu que conversássemos sempre sobre aquilo que interessa ao Brasil."

Campos, de 49 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (13) quando o avião em que viajava do Rio de Janeiro para o Guarujá, no litoral paulista, caiu na cidade de Santos , também no litoral, após um pouso frustrado. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

Leia também: Ele morreu lutando pelo que acreditava, diz irmão de Eduardo

Aécio prestou condolências à família de Campos – além da mulher, Renata, o candidato deixa cinco filhos, o mais novo nascido no início deste ano. 

"O pensamento de toda a minha família é voltado para eles", afirmou o tucano. "Perde a política brasileira, mas a sua família é que precisa de nossas orações, nossa força."

Aécio cancelou todos os compromissos de campanha – assim como fizeram Dilma Rousseff (PT) e Pastor Everaldo (PSC), também candidatos – sem data para retomá-los.

"É um homem público valoroso, um homem público especial e um grande amigo."

Marina: "A imagem que quero guardar de Campos é a da despedida"

Além de Campos, morreram no acidente o assessor Carlos Augusto Leal Filho, o chefe de gabinete no governo de Pernambuco, Pedro Valladares Neto, o cinegrafista Marcelo Lira, o fotógrafo Alexandre Severo e o piloto Marcos Martins e o copiloto Geraldo M. P. da Cunha. . Eles não foram citados no discurso de Aécio.

Leia abaixo a nota publicada na página de Aécio no Facebook:

É com imensa tristeza que recebi a notícia do acidente que vitimou o ex-governador e meu amigo Eduardo Campos. O Brasil perde um dos seus mais talentosos políticos, que sempre lutou com idealismo por aquilo em que acreditava.  A perda é irreparável e incompreensível. Nesse momento, minha família e eu nos unimos em oração à família de Eduardo, seus amigos e a milhões de brasileiros que, com certeza, partilham a mesma perplexidade e pesar. -




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.