Papo na Redação: no JN, Aécio perde a chance de apresentar uma marca ao eleitor

Por iG Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

Candidato tucano deixou de apresentar, durante a entrevista à Rede Globo, uma proposta ou promessa de destaque

Ao abrir na noite de segunda-feira (11) a série de entrevistas do Jornal Nacional com candidatos à Presidência, o senador mineiro Aécio Neves (PSDB) procurou responder às perguntas feitas pelos entrevistadores William Bonner e Patrícia Poeta sobre temas polêmicos, mas teve dificuldade de aproveitar da melhor forma possível os 15 minutos de exposição que teve na Rede Globo.

Aécio, por exemplo, deixou de apresentar, durante a entrevista, uma proposta ou promessa de destaque, que pudesse ajudar a chamar a atenção do eleitor neste início da corrida presidencial. No Palácio do Planalto, por exemplo, o comentário foi que ele passou mais tempo se explicando por episódios como o aeroporto de Cláudio (MG). Ou ainda que ele se atrapalhou ao falar sobre medidas impopulares que possa vir a tomar em seu governo.

A diretora da sucursal de Brasília do iG, Clarissa Oliveira, e a repórter Luciana Lima, comentam o desempenho do tucano na entrevista ao JN.


compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas