Campos propõe fundo nacional de segurança e mais R$ 38 bilhões na saúde

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Presidenciável do PSB prometeu juntar todas instâncias de governo e sociedade para enfrentar alta taxa de homicídios

Agência Brasil

O candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, anunciou nesta sexta-feira (08) que, se for eleito, criará um fundo nacional de segurança e incrementará o orçamento da saúde em R$ 38 bilhões ao longo de quatro anos. Campos fez a declaração durante encontro com empresários, comerciantes e agricultores, na cidade de Arapiraca, em Alagoas.

Segundo Campos, 54 mil pessoas morreram no ano passado em decorrência da violência no país. “Vamos financiar a segurança pública, colocar recursos nos estados e municípios para ajudar na contratação de mais pessoal, compra de equipamentos, contratação de soluções de tecnologia de informação, para que, juntos, governos federal e estadual, sociedade e municípios possam enfrentar essa mazela dos homicídios, da criminalidade que intranqüiliza a sociedade brasileira.”

PSB/Divulgação
Vestindo camisa do time alagoano Asa, Eduardo Campos participa de reunião com produtores rurais na cidade de Arapiraca, em Alagoas. (08/07)


O fundo que Campos pretende criar também servirá para aumentar a remuneração dos profissionais de segurança pública que apresentem resultados na redução da violência, de forma a premiar iniciativas que dão certo. O candidato disse que os recursos virão de tributos e taxas que já existem para fomentar a segurança, mas que estão sendo contingenciados pelo governo ou desviados para outras finalidades.

Mais promessas: Campos rejeita aumentar impostos e promete atualizar tabela do IR

Ele explicou que a mudança na saúde será feita com mais gestão, formando a juventude no interior do país e abrindo cursos de medicina, porque muitos fecharam. "Mas queremos assumir o compromisso público de colocar mais R$ 38 bilhões na saúde pública no Brasil nos próximos quatro anos. Para abrir hospitais que fecharam, para contratar médicos, para fazer os exames acontecerem e as cirurgias andarem nas filas intermináveis que vemos Brasil afora.”

Eduardo Campos morreu nesta quarta-feira (13/8) em um acidente de avião em Santos, no litoral de São Paulo . Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaCampos estava com mais seis pessoas na aeronave que vinha do Rio de Janeiro e seguia para o Guarujá. Todos morreram na queda. Foto: Futura PressUm dos últimos compromissos de Eduardo Campos foi a entrevista ao Jornal Nacional na noite de terça-feira (12/08). Foto: Globo/João CottaEduardo Campos concorria à Presidência com Marina Silva como vice em sua chapa. Foto: Alan Sampaio /iG BrasíliaEduardo Campos deixa um filho pequeno ainda bebê. A criança nasceu em janeiro deste ano. Foto: Facebook/Eduardo CamposEduardo postou na sua página no Facebook uma foto no nascimento de seu filho. Miguel nasceu com síndrome de down (29/1/2014). Foto: Facebook/Eduardo CamposEduardo Campos deixa cinco filhos. Foto: ReproduçãoNa Copa do Mundo, ele compartilhou nas redes sociais imagens ao lado da família vendo jogos do Brasil. Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBEduardo Campos postou uma imagem ao lado do pai, Maximiano Campos, no dia dos pais. Foto: Facebook/Eduardo CamposEduardo Campos concorria à Presidência na chapa com Marina Silva como vice. Eles visitaram Dom Orani Tempesta, no Rio (12/8). Foto: PSBRelembre a campanha de Campos. Ao lado de Marina, candidato visita conjunto habitacional para idosos na Paraíba (9/8). Foto: DIVULGAção/PSBEduardo Campos participa de reunião com produtores rurais na cidade de Arapiraca, em Alagoas (8/8). Foto: PSB/DivulgaçãoEduardo Campos comemora aniversário com o número do partido no lugar da idade durante reunião com produtores rurais em Arapiraca (AL) (8/8). Foto: PSBEduardo Campos participa de encontro com a juventude no Pelourinho, em Salvador (7/8). Foto: PSBEduardo Campos e Marina Silva na Fundação Abrinq (7/8). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iGCandidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, participa de encontro da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (6/8). Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaPresidenciável Eduardo Campos  participa de comício na cidade de Timbauba, no Pernambuco (3/8). Foto: PSB/DivulgaçãoEduardo Campos bebe chimarrão depois de apresentar propostas durante o 34º Congresso de Municípios, em Porto Alegre (31/7). Foto: Jefferson Bernardes/ Agência PreviewCandidata à vice-presidência do PSB, Marina Silva, é vista durante sabatina do seu companheiro de chapa, Eduardo Campos, na CNI (30/7). Foto: ALAN SAMPAIO/iG BRASILIACandidato à Presidente Eduardo Campos durante sabatina promovida pela CNI, em Brasília. Foto: José Paulo Lacerda/ CNICandidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, e sua vice, Marina Silva, chegam a auditório para encontro na CNI, em Brasília (30/7). Foto: José Paulo Lacerda/ CNIEduardo Campos e Marina Silva inauguram casa Campos-Marina em Osasco. Local será comitê eleitoral da campanha da dupla (28/7). Foto: Facebook/Eduardo CamposMarina Silva e Eduardo Campos durante coletivo para o lançamento da candidatura de dez aliados de Marina ao Legislativo (25/7). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iGEduardo Campos visita fábrica de doces em Marília, no interior de São Paulo (22/7). Foto: Divulgação/Site OficialCandidato à Presidência conversa com a população durante inauguração do comitê central Campos-Marina em São Paulo (21/7). Foto: Reprodução/Facebook Eduardo CamposEduardo Campos, candidato à Presidência pelo PSB, faz discurso na inauguração do comitê central da sua campanha, em São Paulo (21/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBEduardo Campos conta com a companhia de Marina Silva, candidata a vice na chapa presidencial (21/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBLuiza Erundina faz discurso inflamado e rouba os holofotes em inauguração do Comitê Central da campanha Campos/Marina (21/7) . Foto: DivulgaçãoEduardo Campos e Marina Silva visitam a Exposição Agropecuária do Crato, município do Ceará (20/7). Foto: Divulgação/Site OficialCandidato do PSB à Presidência faz caminhada por Taboão da Serra, Itapecerica e Embu das Artes, em São Paulo (18/7). Foto: Divulgação/Site OficialEm entrevista, Eduardo Campos afirma que enviará um projeto de reforma tributária ao Congresso no 1º semestre de 2015 (17/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBCandidato do PSB visita a cidade de Afogados da Ingazeira, em Pernambuco (13/7). Foto: Reprodução/Facebook Eduardo CamposEduardo Campos caminha pelas ruas de São Luís, no Maranhão (10/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBEduardo e Marina visitam o comércio da cidade de Águas Lindas, em Goiás (7/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBCandidatos a Presidente e vice também passam pela comunidade Sol Nascente, no Distrito Federal (6/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBEduardo e Marina vestem kimono nas cores para acompanhar a 17ª edição do Festival do Japão, em São Paulo (5/7). Foto: Reprodução/Facebook Eduardo CamposEduardo Campo e Marina Silva registram candidatura presidencial pelo partido PSB (3/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBPSB oficializa candidatura de Eduardo Campos e Marina Silva à presidência e vice-presidência da República em Brasília (28/6). Foto: Humberto PraderaEduardo Campos e Marina Silva discursam na convenção nacional do PSB que oficializou a candidatura da dupla (28/6). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSB

Campos também prometeu investir na agricultura familiar e nas obras de mitigação da seca para ajudar a desenvolver o Semiárido nordestino. É preciso garantir o abastecimento de água nas cidades da região para acabar com a penitência do carro-pipa, que constrange tantas famílias no interior do país, disse ele. É preciso também, acrescentou, assumir compromisso com os que querem terra, garantindo a eles apoio com crédito, assistência técnica e com compra direta do governo.

De Arapiraca, Eduardo Campos seguiu para Garanhuns, em Pernambuco, para participar de uma carreata na região central da cidade. Ainda nesta sexta, o candidato visita a cidade de Bom Conselho, também em Pernambuco, onde uma caminhada deve encerrar a agenda de campanha do dia.

Leia mais: Dilma, Aécio e Campos encaram peso político de Lula, Serra e Marina


Leia tudo sobre: Eleições 2014Eduardo CamposCampos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas