Eduardo Campos chama CPI da Petrobras de "teatro" jamais visto no Congresso

Por Wanderley Preite Sobrinho , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

"Fiquei estarrecido com o que houve na CPI. Quando você quer falar a verdade, não tem que ensaiar pergunta. Você vai e fala"

O candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos, classificou de “teatro” a CPI que investiga a Petrobras no Congresso. De acordo com reportagem da revista "Veja", o Planalto articulou uma combinação de perguntas e respostas entre integrantes da comissão e a cúpula da estatal, investigada pela compra suspeita de uma refinaria nos Estado Unidos.

Leia também: 'Vamos tirar o Ministério da Agricultura do balcão político', diz Campos

A declaração de Campos foi dada ao lado de Marina Silva na Fundação Abrinq, onde o candidato assinou o Termo de Compromisso Presidente Amigo da Criança, com metas nacionais para crianças e adolescentes, como universalização de creches e fim do trabalho infantil.

Eduardo Campos morreu nesta quarta-feira (13/8) em um acidente de avião em Santos, no litoral de São Paulo . Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaCampos estava com mais seis pessoas na aeronave que vinha do Rio de Janeiro e seguia para o Guarujá. Todos morreram na queda. Foto: Futura PressUm dos últimos compromissos de Eduardo Campos foi a entrevista ao Jornal Nacional na noite de terça-feira (12/08). Foto: Globo/João CottaEduardo Campos concorria à Presidência com Marina Silva como vice em sua chapa. Foto: Alan Sampaio /iG BrasíliaEduardo Campos deixa um filho pequeno ainda bebê. A criança nasceu em janeiro deste ano. Foto: Facebook/Eduardo CamposEduardo postou na sua página no Facebook uma foto no nascimento de seu filho. Miguel nasceu com síndrome de down (29/1/2014). Foto: Facebook/Eduardo CamposEduardo Campos deixa cinco filhos. Foto: ReproduçãoNa Copa do Mundo, ele compartilhou nas redes sociais imagens ao lado da família vendo jogos do Brasil. Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBEduardo Campos postou uma imagem ao lado do pai, Maximiano Campos, no dia dos pais. Foto: Facebook/Eduardo CamposEduardo Campos concorria à Presidência na chapa com Marina Silva como vice. Eles visitaram Dom Orani Tempesta, no Rio (12/8). Foto: PSBRelembre a campanha de Campos. Ao lado de Marina, candidato visita conjunto habitacional para idosos na Paraíba (9/8). Foto: DIVULGAção/PSBEduardo Campos participa de reunião com produtores rurais na cidade de Arapiraca, em Alagoas (8/8). Foto: PSB/DivulgaçãoEduardo Campos comemora aniversário com o número do partido no lugar da idade durante reunião com produtores rurais em Arapiraca (AL) (8/8). Foto: PSBEduardo Campos participa de encontro com a juventude no Pelourinho, em Salvador (7/8). Foto: PSBEduardo Campos e Marina Silva na Fundação Abrinq (7/8). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iGCandidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, participa de encontro da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (6/8). Foto: Alan Sampaio / iG BrasíliaPresidenciável Eduardo Campos  participa de comício na cidade de Timbauba, no Pernambuco (3/8). Foto: PSB/DivulgaçãoEduardo Campos bebe chimarrão depois de apresentar propostas durante o 34º Congresso de Municípios, em Porto Alegre (31/7). Foto: Jefferson Bernardes/ Agência PreviewCandidata à vice-presidência do PSB, Marina Silva, é vista durante sabatina do seu companheiro de chapa, Eduardo Campos, na CNI (30/7). Foto: ALAN SAMPAIO/iG BRASILIACandidato à Presidente Eduardo Campos durante sabatina promovida pela CNI, em Brasília. Foto: José Paulo Lacerda/ CNICandidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, e sua vice, Marina Silva, chegam a auditório para encontro na CNI, em Brasília (30/7). Foto: José Paulo Lacerda/ CNIEduardo Campos e Marina Silva inauguram casa Campos-Marina em Osasco. Local será comitê eleitoral da campanha da dupla (28/7). Foto: Facebook/Eduardo CamposMarina Silva e Eduardo Campos durante coletivo para o lançamento da candidatura de dez aliados de Marina ao Legislativo (25/7). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iGEduardo Campos visita fábrica de doces em Marília, no interior de São Paulo (22/7). Foto: Divulgação/Site OficialCandidato à Presidência conversa com a população durante inauguração do comitê central Campos-Marina em São Paulo (21/7). Foto: Reprodução/Facebook Eduardo CamposEduardo Campos, candidato à Presidência pelo PSB, faz discurso na inauguração do comitê central da sua campanha, em São Paulo (21/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBEduardo Campos conta com a companhia de Marina Silva, candidata a vice na chapa presidencial (21/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBLuiza Erundina faz discurso inflamado e rouba os holofotes em inauguração do Comitê Central da campanha Campos/Marina (21/7) . Foto: DivulgaçãoEduardo Campos e Marina Silva visitam a Exposição Agropecuária do Crato, município do Ceará (20/7). Foto: Divulgação/Site OficialCandidato do PSB à Presidência faz caminhada por Taboão da Serra, Itapecerica e Embu das Artes, em São Paulo (18/7). Foto: Divulgação/Site OficialEm entrevista, Eduardo Campos afirma que enviará um projeto de reforma tributária ao Congresso no 1º semestre de 2015 (17/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBCandidato do PSB visita a cidade de Afogados da Ingazeira, em Pernambuco (13/7). Foto: Reprodução/Facebook Eduardo CamposEduardo Campos caminha pelas ruas de São Luís, no Maranhão (10/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBEduardo e Marina visitam o comércio da cidade de Águas Lindas, em Goiás (7/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBCandidatos a Presidente e vice também passam pela comunidade Sol Nascente, no Distrito Federal (6/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBEduardo e Marina vestem kimono nas cores para acompanhar a 17ª edição do Festival do Japão, em São Paulo (5/7). Foto: Reprodução/Facebook Eduardo CamposEduardo Campo e Marina Silva registram candidatura presidencial pelo partido PSB (3/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSBPSB oficializa candidatura de Eduardo Campos e Marina Silva à presidência e vice-presidência da República em Brasília (28/6). Foto: Humberto PraderaEduardo Campos e Marina Silva discursam na convenção nacional do PSB que oficializou a candidatura da dupla (28/6). Foto: Reprodução/Facebook oficial PSB

De acordo com o candidato, toda CPI é válida, desde que tenha como objetivo investigar suspeitas de corrupção. O caso da apuração envolvendo a compra supostamente irregular da refinaria de Pasadena, entretanto, ele vê como um "teatro". "Fiquei estarrecido com o que houve na CPI da Petrobras. Montar um teatro... Quando você quer falar a verdade, não tem que ensaiar pergunta. Você vai e fala."

Para Campos, o assunto é sério demais para tamanho "requinte": "Todo esse treinamento em um assunto tão sério. Acho que é a primeira vez que se revela que houve um ensaio. Uma preparação de perguntas e respostas dessa forma não se tem notícia."

Sob pressão: Emparedado por Aécio e Dilma, Campos faz o discurso da nova política

Analistas de mercado: Eleição presidencial é a mais incerta desde 1989

Campos foi à Fundação Abrinq, na zona sul de São Paulo, acompanhado da esposa, Renata Campos (45), e do filho caçula, de 7 meses, nascido com Síndrome de Down. Visivelmente emocionado, ele lembrou de seus programas para crianças e adolescentes em Pernambuco e prometeu garantir o direito ao pré-natal para proteger gestantes em gravidez de alto risco. “Em nosso programa em Pernambuco, a família sai com o álbum do bebê para ajudar na construção dos laços afetivos.”

Marina só tomou a palavra para lembrar que tirou sua primeira foto quando tinha 16 anos. “Tinha muita vontade quando era criança. Uns primos trouxeram algumas do Ceará. Acho que Deus ouviu tanto a minha prece que hoje a coisa que eu mais faço na vida é bater foto”

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas