Futuro governador do Paraná vai governar a quinta maior economia do país

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Oito candidatos disputam o cargo, incluindo o ex-governador Roberto Requião (PMDB) em uma coligação com o PV e o PPL

Agência Brasil

Oito candidatos disputarão o cargo de governador do Paraná este ano. O vencedor no pleito de 5 de outubro vai comandar a quinta maior economia do País. De acordo com o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Paraná tem 10.439.601 habitantes e é o sexto Estado mais populoso do Brasil.

Eleições 2014: 171 candidatos a governador disputam a preferência do brasileiro

Heinrich Aikawa/Instituto Lula
Ao lado de Lula, Dilma participa da convenção estadual do PT no Paraná. Eles lançaram a candidatura de Gleisi Hoffmann ao governo do Estado (22/7)

A agricultura é a principal atividade econômica do Paraná, que é o maior produtor de milho do país e o segundo de cana-de-açúcar. Merecem destaque também a produção de soja, trigo e erva-mate, além da agroindústria e da indústria automobilística.

O senador e ex-governador do Paraná Roberto Requião (PMDB), 73 anos, tenta voltar ao cargo disputando a eleição pela coligação formada pelo PMDB, PV e PPL. Requião também já foi prefeito de Curitiba, deputado estadual e governou o Estado três vezes. Natural de Curitiba, é formado em direito e jornalismo. A deputada federal Rosane Ferreira (PV) é a candidata a vice em sua chapa.

Em busca da reeleição, o governador Beto Richa (PSDB) está na disputa apoiado pela coligação que reúne PSDB, PROS, DEM, PSB, PSD, PTB, PP, PPS, PSC, PR, SD, PSL, PSDC, PMN, PHS, PEN e PTdoB. Formado em engenharia civil, Beto Richa é natural de Londrina, já foi deputado estadual por dois mandatos e prefeito de Curitiba. Em 2010, foi eleito governador do Paraná. A deputada federal Cida Borghetti (PP) é a vice na chapa pela reeleição.

A senadora Gleisi Hoffmann é a candidata na coligação formada pelo PT, PDT, PCdoB, PRB e PTN. Primeira mulher no Estado a ocupar uma vaga no Senado e ex-ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi nasceu em Curitiba em 1965 e é a única mulher na disputa pelo governo paranaense. Formada em direito, é pós-graduada em gestão de organizações públicas e administração financeira. Gleisi tem como vice o médico Haroldo Ferreira (PDT).

O sociólogo e servidor público federal Bernardo Pilotto concorre ao cargo pelo PSOL. Curitibano, Pilotto é formado em ciências sociais e tem mestrado em saúde coletiva. Em 2012, foi candidato a vereador de Curitiba. O servidor público estadual Maicon Palagno completa a chapa de Pilotto no cargo de vice.

O candidato do PRP ao governo paranaense é o advogado e jornalista Ogier Buchi. Nascido em 1951 e natural de Curitiba, Ogier Buchi tornou-se conhecido pelos comentários políticos nos meios de comunicação paranaense. O dentista Dr. Laco concorrerá na mesma chapa ao cargo de vice-governador.

O servidor público estadual Rodrigo Tomazini é o candidato do PSTU. Natural de Botucatu (SP), Tomazini tem 36 anos e trabalha na área de educação. Em 2010, foi candidato a deputado estadual pelo PSTU. A enfermeira Érika Andreassy é a candidata a vice pelo partido.

Geonísio Marinho também vai tentar o cargo de governador do Paraná pelo PRTB. Formado em economia, ele é natural de Curitiba e, aos 56 anos, já foi candidato a vereador da capital paranaense três vezes e uma vez em Pontal do Paraná, no litoral do Estado. O vice de sua chapa é o advogado Rodrigo Sottile.

O advogado Tulio Bandeira é o candidato do PTC. Com especialização em gestão pública e tributos e finanças, Bandeira disputou, em 2002, uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado. A chapa tem o comerciante Ulisses Sabino como candidato a vice.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas