Skaf se declara à PM de São Paulo, mas evita fazer promessa a oficiais

Por Wanderley Preite Sobrinho - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Candidato do PMDB em SP se esquiva de reivindicações da categoria na sede da CERPM na zona norte da capital paulista

Candidato a governador de São Paulo, o empresário Paulo Skaf (PMDB) se declarou nesta quarta-feira (30) à Polícia Militar de São Paulo em evento com oficiais, mas evitou fazer promessas, embora tenha sido questionado a respeito e assistido a uma apresentação de meia hora com reivindicações que iam de reajuste salarial ao fim da Operação Delegada, conhecida como "bico oficial".

'Sabe de nada, inocente': Skaf ironiza chance de apoio ao PT em SP

Wanderley Preite Sobrinho/iG
Candidato do PMDB ao governo de São Paulo, o empresário Paulo Skaf (PMDB) participa de encontro com a Polícia Militar na zona norte

Fonte do PMDB paulista: Palanque Skaf-Dilma é possível

Ao lado do candidato ao Senado Gilberto Kassab (DEM), Skaf foi recebido pela Coordenadoria de Entidades Representativas dos Policiais Militares do Estado (CERPM) em sua sede na zona norte de São Paulo. Ele ouviu a comparação do salário médio do PM paulista (R$ 3,4 mil) com o do Distrito Federal (R$ 5,2 mil) e a dimensão de oficiais para cada habitante. Enquanto em São Paulo ela é de um PM para 700 habitantes, na capital federal essa proporção é de um policial para 189 pessoas.

Obstáculo: Skaf é desconhecido para 80% dos eleitores de pequenas cidades paulistas

Durante uma apresentação de quase meia hora, Skaf ouviu críticas à Operação Delegada, que utiliza mão de obra de policiais em horário de folga. Segundo a CERPM, a elevada carga horária e a baixa remuneração comprometem o policial "física e psicologicamente". 

Depois dessa apresentação, Skaf foi convidado a falar. Apesar de ter sido perguntado duas vezes sobre suas propostas, ele preferiu não se comprometer com nenhuma demanda, apenas com a "valorização profissional".

Cenário: Fiesp amplia exposição e Skaf pega carona em produção teatral do Sesi

Skaf visita o Hospital Geral de Vila Penteado Doutor Jose Pengella, na região norte de São Paulo (20/9). Foto: William Volcov/Skaf 15Paulo Skaf faz campanha em Santos fala em fazer ligação terrestre entre a cidade e a vizinha Guarujá, no litoral de São Paulo (19/9). Foto: Divulgação/SkafSkaf visita projeto Fazenda Boa Esperança, em Guaratinguetá, no interior de São Paulo (16/9). Foto: Divulgação/SkafPaulo Skaf acompanha carreata em São Paulo (13/9). Foto: Ayrton Vignola/Skaf 15Carreata para Paulo Skaf nas ruas de São Paulo (13/9). Foto: Divulgação/SkafPaulo Skaf visita Conjunto Habitacional em Marília, no interior de São Paulo (10/9). Foto: Willian Volcov/Skaf 15Skaf discursa e faz campanha em encontro ro PMDB em Jales, no interior de São Paulo (30/8). Foto: Ayrton Vignola/ Skaf 15Skaf encontra com militantes do rival pelo governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante dia de campanha no Mercado da Lapa (22/8). Foto: Ayrton Vignola/Skaf 15Candidatos ao governo do Estados de São Paulo participam de debate na TV Band (23/8). Foto: Paulo Pinto/Fotos PúblicasPaulo Skaf toma café com eleitor no bairro Jardim Vera Cruz, em São Paulo (21/8). Foto: Ayrton Vignola/Skaf 15Paulo Skaf visita trechos das obras do monotrilho na cidade de São Paulo (7/8). Foto: Ayrton Vignola/Skaf OficialSkaf anda de trem durante caminhada de campanha pela zona leste de São Paulo (3/8). Foto: Facebook/Paulo SkafCandidato Paulo Skaf conversa com seu coordenador de campanha, Luiz Antônio Fleury Filho, ao lado do candidato ao Senado Gilberto Kassab (30/7). Foto: Wanderley Preite Sobrinho/iGSelfie em grupo com Paulo 
Skafo em encontro com colegiado em Franca, interior de São Paulo (26/7). Foto: Instagram/skafoficialSkaf faz selfie com vendedoras durante visita a cidade de Batatais, no interior de São Paulo. Foto: Instagram/skafoficialPaulo Skaf, candidato ao governo de São Paulo pelo PMDB faz encontro com jovens programadores digitais (23/7). Foto: Facebook/Paulo SkafPaulo Skaf registra café da manhã em São Paulo (22/7). Foto: Facebook/Paulo SkafSkaf passeia por São Paulo e posta foto com eleitor (17/7). Foto: Instagram/skafoficialPaulo Skaf anda de metrô e faz campanha por mais transporte público em São Paulo (15/7). Foto: Facebook/Paulo SkafCandidato ainda posa para fotos com funcionários na estação Vila Madalena do metrô (15/7). Foto: Facebook/Paulo SkafSkaf encontra com motoqueiros no caminho para Pindamonhangaba e registra o momento nas redes sociais (12/7). Foto: Facebook/Paulo SkafGravação de entrevista com Paulo Skaf, candidato do governo de São Paulo pelo PMDB (10/7). Foto: Facebook/Paulo SkafPaulo Skaf visita o Festival do Japão, em São Paulo (5/7). Foto: Facebook/Paulo SkafDia do candidato do PMDB ao governo de São Paulo começa com ida ao dentista e uma selfie para registrar o momento (27/6). Foto: Facebook/Paulo SkafPaulo Skaf se encontra com jovens do PMDB (22/6). Foto: Facebook/Paulo SkafPaulo Skaf aproveita churrasco e compartilha foto em sua página no Instagram (21/6). Foto: Instagram/skafoficialPaulo Skaf assiste a jogo do Brasil na Copa do Mundo na companhia dos netos (17/6). Foto: Instagram/skafoficialConvenção do PMDB lança Paulo Skaf como candidato do partido ao governo de São Paulo (14/6). Foto: Twitter/ReproduçãoSkaf, presidente licenciado da Fiesp, terá como vice o criminalista José Roberto Batocchio (14/6). Foto: André Lucas Almeida/Futura PressPaulo Skaf durante convenção estadual do PMDB, em São Paulo (14/6). Foto: André Lucas Almeida/Futura PressSegundo assessoria, evento para lançar a candidatura de Skaf conta com 8.000 partidários (14/6). Foto: Facebook/Paulo Skaf

Segmentados: Programas de candidatos ao governo de São Paulo não citam o PCC

O candidato substituiu as promessas por uma declaração: "Se eu viesse com sonhos, sem realidade, seria uma enganação, mas podem contar que valorizo a PM e me orgulho muito dela", afirmou: Vocês não precisam me convencer de nada. A Polícia Militar mora aqui do lado esquerdo", completou, dando tapinhas sobre o peito.

Skaf também evitou criticar o governador e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB), função que coube ao deputado estadual Conte Lopes. "Quem é o maior adver´sario da população, o PCC ou o Geraldo Alckmin? Ele não cumpre o que assina."

Leia tudo sobre: paulo skafeleições 2014eleições 2014 sppm

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas