Maior Estado em extensão territorial, Amazonas tem sete candidatos a governador

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

José Melo, do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), tenta se reeleger pela coligação Fazendo Mais Por Nossa Gente

Agência Brasil

Sete candidatos disputam o governo do Amazonas, o maior Estado do País em extensão territorial, nas eleições de outubro. A indústria, concentrada no Polo Industrial de Manaus, que reúne fábricas das áreas eletroeletrônica, química, de motocicletas, produtos óticos e informática, está entre as principais atividades econômicas do Estado. O setor de serviços também está entre os destaques econômicos. O Amazonas contribui com 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todos os bens e serviços produzidos no Brasil) nacional.

Eleições 2014: 171 candidatos a governador disputam a preferência do brasileiro

José Melo 90
O governador do Amazonas, José Melo (de verde), participa de caminhada no bairro da Alvorada, Manaus (27/7)

Com uma população estimada em 3,8 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Amazonas tem mais de 2,2 milhões de eleitores que representam 1,5% do eleitorado brasileiro.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 49,18% dos eleitores amazonenses são homens e 50,81%, mulheres. Quase 7% são analfabetos, 33% têm ensino fundamental incompleto e 2,6%, superior completo.

O governador José Melo, 67 anos, do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), tenta se reeleger pela coligação Fazendo Mais Por Nossa Gente, formada por 15 partidos (PROS, DEM, PSL, PTN, PSC, PR, PRTB, PHS, PTC, PV, PRP, PSDB, PEN, PSD, PTdoB). Foi deputado federal duas vezes, em 1994 e em 1998, e, em 2002, foi eleito deputado estadual. Fez parte, como vice-governador, da chapa que elegeu Omar Aziz para o governo do Estado em 2010. E, em abril deste ano, assumiu o governo com a desincompatibilização de Aziz para concorrer ao Senado.

O líder do governo no Senado, Eduardo Braga, do PMDB, é o candidato da coligação Renovação e Experiência, formada por dez legendas (PMDB, PP, PT, PDT, PTB, PPS, PRB, PSDC, PPL, PCdoB). O senador, de 53 anos, já foi governador do Estado em dois mandatos (eleito em 2002 e reeleito em 2006).

O deputado estadual Marcelo Ramos, 40 anos, concorre pelo PSB. Foi vereador de Manaus por dois mandatos e integrou a chapa de Serafim Correa, como vice-prefeito, em 2012.

O deputado estadual Chico Preto, 45 anos, é o candidato do Partido da Mobilização Nacional (PMN). Em 2010, foi eleito deputado pelo PP. Em 2006, concorreu a deputado estadual pelo PMDB.

O servidor público federal de 53 anos Herbert Amazonas concorre pelo PSTU. Em 2006 e 2010, ele também disputou o governo do Estado pelo partido. Em 2012, foi candidato à prefeitura de Manaus.

O ex-deputado estadual Abel Alves, 74 anos, é o candidato do PSOL ao governo do Amazonas. Esta é a primeira vez que ele disputa o cargo. Em 2006, foi candidato a deputado estadual do Amazonas pelo PT.

Luiz Navarro, trabalhador da construção civil de 71 anos, concorre pelo PCB. Em 2010, ele também disputou o cargo pela legenda. Em 2012 e 2008, Navarro foi candidato à prefeitura de Manaus.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas