Desafio dos 4 candidatos de Roraima é tirar PIB do Estado da última colocação

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Na corrida está o atual vgovernador Chico Rodrigues, PSB, que pretende continuar no Palácio Senador Hélio Campos

Agência Brasil

Os quatro candidatos ao governo de Roraima terão como desafio tirar o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado da última posição entre todas as outras unidades federativas do Brasil. Estimado em R$ 6,9 bilhões, o PIB de Roraima representa 0,2% do PIB nacional. O Estado, no entanto, vem crescendo nos últimos anos. Em 2009, por exemplo, registrou o terceiro maior crescimento do País, 4,6%, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Eleições 2014: 171 candidatos a governador disputam a preferência do brasileiro

Eramo Salomão/ Ministério da Saúde
O Ministro da Saúde, Arthur Chioro (E), recebeu o governador de Roraima, Chico Rodrigues, em Brasília em 4 de junho

Arroz, soja, madeira e couro são as bases da economia do Estado, que tem população pequena. São 488.072 habitantes, distribuídos em pouco mais de 224 mil quilômetros quadrados (km²). São cerca de dois habitantes por km².

Roraima tem 299.558 eleitores aptos a votar no pleito de outubro, dos quais 10.946 são analfabetos e 29.115 têm nível superior completo. Os que completaram o ensino médio são maioria entre os eleitores: 75.592.

Na corrida pelo comando do Executivo, está o atual governador Chico Rodrigues, do PSB, que pretende continuar no Palácio Senador Hélio Campos, sede do governo. Rodrigues tem 63 anos, nasceu no Recife e tem nível superior completo. Já foi deputado federal pelo Estado, eleito em 2006.

Roraimense de Boa Vista, Neudo Campos, de 67 anos, concorreu ao governo do Estado em 2010, mas perdeu no segundo turno para José de Anchieta, atual governador. Em 2006, elegeu-se deputado federal. Candidato do PP, Campos é engenheiro.

O PSOL tem como candidato o servidor público Hamilton. Natural de Boa Vista, Hamilton tem 67 anos e volta às urnas depois de ter tentado, sem sucesso, uma cadeira na Câmara dos Deputados na eleição de 2010. O candidato do PSOL tem curso superior completo.

A senadora Ângela Portela, de 52 anos, é a candidata do PT à sucessão de José Anchieta. Ângela saiu vitoriosa nas últimas eleições: em 2006, conseguiu o mandato de deputada federal e, em 2010, o de senadora. Nascida em Coreaú, no Ceará, a senadora tem nível superior completo.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas