Aécio, Alckmin e Serra assumem projeto bancado principalmente pelo PT

Por Wanderley Preite Sobrinho - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Ação em manancial iniciada por Maluf e ampliada por Serra é tratada como tucana, mas 57,2% da verba é de cofres petistas

Reprodução
Site do PSDB posta foto de Aécio, Serra e Alckmin: "Presidenciável foi conhecer projeto de urbanização implantado por Alckmin e Serra na região"

Líder absoluto nas pesquisas de intenção de voto em São Paulo, o governador e candidato à reeleição Geraldo Alckmin (PSDB) começa a ser cada dia mais requisitado pela campanha do presidenciável tucano Aécio Neves. Embora prefira entrar de cabeça na eleição apenas depois que o horário eleitoral gratuito chegar à TV, o governador se juntou a Aécio e ao candidato do partido ao Senado, José Serra, para visitar uma obra tratada como tucana, mas que atualmente é bancada majoritariamente por administrações petistas.

O trio visitou no sábado do dia 19 os três núcleos do projeto de urbanização do entorno das represas Billings e Guarapiranga batizado de Programa Mananciais, na região de M’Boi Mirim, zona sul de São Paulo. Durante o evento, o programa foi tratado como se tivesse sido implantado em 2005 por Serra, quando era prefeito da capital, em parceria com Alckmin, já governador.

Na zona leste: Com 2,9 km do monotrilho, Alckmin mira reduto petista em São Paulo

Defendido por Aécio Neves: Bolsa Família já foi taxado de Bolsa Esmola pelo PSDB

O projeto, no entanto, remonta a 1996, quando Paulo Maluf era prefeito. Na época, criou-se o Programa Guarapiranga, cujo objetivo era recuperar a degradação ambiental na beira da represa provocada pela ocupação irregular na região. Quando Serra chegou à prefeitura, ele o ampliou para a represa Billings e o renomeou.

Divulgação
Adesivados para a campanha, Aécio, Alckmin e Serra visitam projeto em M'Boi Mirim

Hoje, no entanto, 57,2% do programa são bancados por administrações petistas. De acordo com relatório da Secretaria Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, a maior parte do dinheiro (R$ 348,8 milhões) sai dos cofres da prefeitura de São Paulo, administrada pelo petista Fernando Haddad.

Em seguida, surgem os R$ 347,7 milhões repassados pelo governo federal e R$ 234 milhões pelo Banco Internacional de Desenvolvimento (Bird). O governo do Estado aparece em quarto lugar, com 15% do dinheiro empenhado (R$ 232,3 milhões), seguido pela Sabesp (R$ 87,1 milhões) e pelas prefeituras de São Bernardo do Campo (R$ 33,7 milhões), do petista Luiz Marinho, e de Guarulhos (R$ 8,3 milhões), do prefeito Sebastião Almeida (PT). Ao todo, o projeto prevê gastar R$ 1.291,9 bilhão.

Política de Estado nos EUA: Candidatos à presidência deixam Esporte em 2º plano

Depois de conhecer o Mananciais ao lado dos aliados, Aécio aproveitou seu discurso para moradores da região e colou no governador paulista, hoje com 54% das intenções de voto: “São Paulo já disse sim à gestão de Geraldo Alckmin e acredito que no momento certo também dirá sim às mudanças que o Brasil precisa.”

Mais tarde, o site do diretório estadual também tratou o programa como tucano: "Presidenciável foi conhecer projeto de urbanização implantado por Alckmin e Serra", diz a chamada. No texto, nenhuma referência à origem do projeto ou à participação majoritária dos rivais petistas.

Veja fotos da campanha de Alckmin:

Alckmin faz caminhada pela cidades do ABC paulista no final de semana (21/9). Foto: Twitter/Geraldo AlckminAlckmin visita obras da maternidade de Santa Izabel, em Bauru, interior de São Paulo (18/9). Foto: Twitter/Geraldo AlckminSorriso aberto de Alckmin na visita aofuturo Hospital Especializado em Trauma, em São Paulo (158/9). Foto: Marcelo Ribeiro/ Alckmin 45Alckmin visita as obras da Linha 5 do Metrô e a Linha 17 do Monotrilho (19/9). Foto: Alckmin 45Ao lado de Geraldo Alckmin, Aécio Neves faz caminhada em Santos com direito a pausa para um pastel (2/9). Foto: Igo Estrela/ObritoNewsGeraldo Alckmin faz campanha para José Serra, candidato do PSDB ao Senado em São Paulo (6/9). Foto: Facebook/Geraldo AlckminGeraldo Alckmin faz caminhada em Santos e ganha beijo de eleitora (2/9). Foto: Facebook/Geraldo AlckminAlckmin, candidato a reeleição ao governo de São Paulo, e o presidenciável Aécio Neves conversam em visita a estação do monotrilho (29/8). Foto: Ana Flavia Oliveira/iGAlckmin acompanha o presidenciável Aécio Neves em café da manhã com operários da construção civil em São Paulo (28/8). Foto: Marcus Fernandes/Coligação Muda BrasilGovernador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição visita a Etec Santa Ifigênia, em São Paulo (27/8). Foto: Alckmin 45Alckmin acompanha missa em Pirapora do Bom Jesus, no interior de São Paulo, no aniversário da cidade (7/8). Foto: Twitter/@geraldoalckimin_Tucanos Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra fazem selfie na fábrica Wurth, em São Paulo (7/8). Foto: Divulgação/PSDBAlckmin visita Mercado Municipal de São José dos Campos, interior de São Paulo, ao lado de José Serra e do presidenciável Aécio Neves (3/8). Foto: Twitter/@geraldoalckimin_Alckmin comparece a inauguração do Templo de Salomão em São Paulo e cumprimenta bispo Edir Macedo (31/7). Foto: Divulgação/Igreja Universal Ao lado de Aécio Neves e José Anibal, Geraldo Alckmin visita 3ª Feira Tecnológica da Zona Leste, em São Paulo (27/7). Foto: Twitter/@geraldoalckimin_Aécio Neves, Geraldo Alckmin e o padre Rosalvino, fundador da Obra Social Dom Bosco, visitam a Feira Tecnológica da Zona Leste de São Paulo (26/7). Foto: Facebook/Aécio NevesJosé Serra, Aécio Neve e Geraldo Alckmin visitam Parque da Juventude (26/7). Foto: Marcos Fernandes/ObritoNewsAlckmin acompanha Aécio Neves, candidato à Presidência, em visita ao projeto Mananciais, em São Paulo (19/7). Foto: Marcos Fernandes/PSDBAlckmin visita obra de recuperação da estrada SP 247 (19/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial Geraldo AlckminCandidato em São Paulo, Alckmin visita obras de Fatec de Cruzeiro prevista para ser entregue em dezembro (19/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial Geraldo AlckminCandidato visita Centro Dia do Idoso de Espírito Santo do Pinhal (17/7). Foto: Reprodução/Twitter @geraldoalckmin_Além de passear pela 29ª Festa da Cerejeira, em Suzano, Alckmin rasga elogios ao yakissoba que do local (14/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial Geraldo AlckminGovernador e candidato à reeleição almoça em restaurante do programa Bom Prato em São Paulo (11/7). Foto: Reprodução/Facebook oficial Geraldo AlckminAo lado de Aécio Neves e José Serra, Geraldo Alckmin veste  kimono para visitar festival japonês em São Paulo (6/6). Foto: Reprodução/Twitter @geraldoalckmin_Geraldo Alckmin durante convenção que o oficializa candidato ao governo do Estado de SP (29/6). Foto: Futura PressDiscurso durante a convenção do PSDB em São Paulo (29/6). Foto: Reprodução/Twitter @geraldoalckmin_Alckmin recebe apoio da mulher e de Aécio Neves, candidato do partido à Presidência, durante convenção do PSDB (29/6). Foto: Reprodução/Twitter @geraldoalckmin_

Outro lado

Questionada pela reportagem, a assessoria da campanha do governador negou que o Mananciais tenha sido tratado como do PSDB ao afirmar que “foi uma visita a um programa importante para a população de São Paulo e que teve participação direta dele enquanto governador, no momento em que o projeto foi reestruturado. Não há absolutamente nenhum conflito nisso.”

A assessoria afirma também que o governador tratou do assunto no Facebook como "um bom exemplo de urbanização com saneamento e preservação do meio ambiente, resultado de boas parcerias", embora não fique claro se Alckmin se referia a Serra ou ao PT.

Presente no evento, o deputado federal José Aníbal escreveu sobre  assunto em seu site: "Aécio enalteceu 'a extraordinária gestão' de Geraldo Alckmin como governador e disse ter escolhido esse local para sua primeira caminhada em São Paulo por considerar que ele simboliza a importância das parcerias. A região foi reurbanizada quando José Serra era prefeito da cidade com apoio do governo do Estado."

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas